Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Matérias / Black Friday

Do ouro ao futebol: Conheça a história por trás da Black Friday

A maior data de promoções do mundo chegou ao Brasil há pouco mais de uma década, mas sua origem remete a década de 1960, nos Estados Unidos

Redação Publicado em 24/11/2023, às 09h46

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Imagem ilustrativa de um produto em promoção - Reprodução/Flickr/Artem Beliaikin
Imagem ilustrativa de um produto em promoção - Reprodução/Flickr/Artem Beliaikin

Nos últimos dias, e em alguns casos até nas últimas semanas, lojas de todo o mundo divulgam suas promoções da Black Friday, o maior evento de descontos do mundo, que ocorre anualmente na última sexta-feira de novembro. Mas você conhece a história por trás do dia em que lojistas e consumidores enlouquecem com a, suposta, baixa nos preços?

A Black Friday acontece todos os anos após o Dia de Ação de Graças, uma data reservada pelos estadunidenses para agradecer, reunir a família e partilhar uma refeição.

Este feriado foi celebrado pela primeira vez em 1621, quando nativos americanos e colonos ingleses realizaram uma ceia em conjunto para reconhecer a boa colheita daquele ano. 

Conforme repercutido pelo portal da revista Superinteressante, o feriado em si não se traduz para a cultura brasileira, ou de qualquer lugar no mundo que não seja os Estados Unidos. Já a Black Friday caiu no gosto do brasileiro e do mundo. No Brasil, o primeiro dia de descontos ocorreu em 2010, e desde então, o número de lojas que aderiram ao evento só cresce. 

Corrida pelo ouro

Porém, o termo Black Friday já teve outro significado. O primeiro registro do uso do termo data de 1869, quando dois Wall Street decidiram adquirir ouro em grandes quantidades, para revendê-los por valores exorbitantes.

Mas, em uma sexta-feira de setembro daquele ano, o mercado de ouro quebrou, deixando eles e outros investidores e empresas de Wall Street arruinadas, aderindo ao uso do termo “black”, para se referir à crise daquele dia.  

A Black Friday, como conhecemos hoje, surgiu décadas depois, na década de 1960. Nos Estados Unidos, é comum a realização de partidas de futebol americano no Dia de Ação de Graças e nas datas próximas.

Naquela época, policiais da cidade da Filadélfia utilizavam o termo para se referir ao dia seguinte do feriado, marcado por um clássico do futebol universitário, quando o time da Academia do Exército Americano (Army Black Knights) jogava contra a equipe da Academia da Marinha (o Navy Midshipmen). 

No dia da partida, a cidade parava em razão da quantidade de gente, do país todo, que aterrizavam na região, piorando o trânsito e o trabalho dos policiais, que batizaram a data de Black Friday.

Porém, a confusão era benéfica para um grupo de pessoas, os comerciantes, que aproveitavam o movimento para fazer promoções e atrair o maior número possível de clientes, e assim começou uma tradição, que se popularizou no país na década de 1980. 

Descontos imperdíveis

Já no Brasil, a Black Friday se espalhou graças a internet. Em 2010, o site Busca Descontos realizou uma série de promoções no grande dia de promoções americano. A iniciativa, que foi um sucesso, incentivou outras 50 lojas a fazerem o mesmo, e com o passar dos anos, um número crescente de marcas participa do evento. 

Para evitar as confusões nas lojas, problemas técnicos nos sites e para aumentar o consumo entre os clientes, muitas marcas optaram por estender a Black Friday para a Black November, oferecendo promoções durante todo o mês.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!