Matérias » Crimes

Jack o Abraçador, o psicopata dos abraços

Aterrorizando mulheres com apertos sufocantes, Jack entrou para a história de maneira incomum

Redação Publicado em 21/10/2019, às 10h00

None
Getty Images

No final do século 19, jovens moradoras da cidade de Pomona, Califórnia, foram aterrorizadas por um personagem insólito. Esse psicopata anônimo, que agia depois do pôr do sol abordando moças solitárias com abraços fortes e esmagadores, entrou para a história dos EUA como “Jack o Abraçador”.

Abordagem curiosa

Um artigo do jornal Los Angeles Herald, de outubro de 1891, descreveu as ações de Jack da seguinte forma: “(...) a última dama foi apanhada por volta das 7 horas. Um homem vindo da sombra das árvores passou por ela rapidamente e então, antes que ela tivesse tempo de olhar, a agarrou pela cintura com os braços. Ele deu-lhe vários abraços violentos, correu de repente pela estrada à sombra das árvores e se foi. A jovem afirmou ter levado vários minutos para se recuperar”.

As ações de Jack se estenderam por vários meses, relatadas em mais de uma cidade. Aparecendo pela primeira vez na mídia em 1889, ele passou a ser comparado com Jack, o Estripador pela imprensa – suas ações eram tão bem planejadas como as do terrível assassino britânico.

Nos anos seguintes, relatos sobre Jack foram feitos em Memphis, Detroit, Denver e Monmouth. O psicopata utilizava a mesma técnica: abordando mulheres jovens, ele causava o maior e mais repentino terror possível, e nunca voltava ao mesmo local para realizar seu ato.

Em 1913, jornais em Monmouth relataram que moradores haviam carregado suas espingardas com sal grosso, para ensinar uma lição a Jack. Um suspeito foi capturado: Leroy Hoon, que trabalhava em um supermercado local. Após testemunhos sobre seu bom caráter, ele foi libertado como inocente. E o verdadeiro Jack, o Abraçador nunca foi encontrado – acabando por entrar para a história dos EUA apenas como uma lenda estranha.


Saiba mais sobre a mente dos psicopatas:

1. Sem Consciência: O Mundo Perturbador dos Psicopatas que Vivem Entre Nós, de Robert D. Hare - https://amzn.to/2P78ZAQ

2. Serial Killers - Anatomia do Mal: Entre na mente dos psicopatas, de Harold Schrechter - https://amzn.to/2Bww73C

3. Psicopatas do cotidiano, de Katia Mecler - https://amzn.to/2P3sMRz

4. O Diário de Jack, O Estripador, de Shirley Harrison - https://amzn.to/2nd2lgG

Vale lembrar que os preços e quantidade disponível das obras condizem com os da data de publicação deste post. Além disso, a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.