Curiosidades » Religião

Afinal, por onde anda o Papa Bento XVI?

No dia 28 de fevereiro de 2013, Joseph Ratzinger deixou o cargo mais importante da Igreja Católica

Redação Publicado em 28/02/2020, às 08h00

Papa Bento XVI, em Roma, na Itália
Papa Bento XVI, em Roma, na Itália - Getty Images

No dia 11 de fevereiro de 2013, Joseph Aloisius Ratzinger, o Papa Bento XVI, renunciou ao papado da Igreja Católica. A confirmação do Vaticano veio no dia 28 de fevereiro, há 7 anos. Com 85 anos na época, o Pontífice surpreendeu o mundo ao revelar que deixaria o cargo no dia 28 de fevereiro alegando que não tinha mais "vigor de corpo e espírito" para administrar o ministério. Ele sucedeu João Paulo II em abril de 2005, ficando apenas 7 anos no cargo.

Seis anos se passaram e muitos se perguntam: por onda o Papa Emérito – título que recebeu após a renúncia. Logo após sua saída, em fevereiro, Joseph seguiu para a residência de verão do Castel Gandolfo, nas margens do lago Albano, distante apenas 5 km de Roma.

Após a renúncia, Ratzinger teve como destino o convento Mater Ecclesiae, localizado dentro da própria Cidade do Vaticano, na Itália. O edifício, que está situado no interior dos jardins do Vaticano, foi construído no início dos anos 1990 para abrigar um grupo rotativo de ordens monásticas femininas para pregar pela Santa Igreja e passou por uma reforma para receber o Papa Emérito em sua clausura.

Papa Emérito Bento XVI e Papa Francisco
Papa Francisco se encontra com o Papa Emérito Bento XVI / Crédito: Youtube

 

No dia 3 de maio de 2013, ele se mudou oficialmente para o monastério juntamente com seu secretário particular e prefeito da casa pontifícia, monsenhor Georg Gänswein, e quatro Memores Domini – cujos membros vivem nos preceitos da pobreza, castidade e obediência.

Nos últimos seis anos, Joseph participou de alguns eventos dentro do Vaticano, como a inauguração de um monumento em homenagem a arcanjo Miguel em julho de 2013, a canonização de João XXIII e João Paulo II em abril de 2014, a beatificação de Paulo VI em outubro de 2014, assistiu a abertura da Porta Santa no Jubileu Extraordinário da Misericórdia em dezembro de 2015 e celebrou o 65° aniversário de sua ordenação sacerdotal no Palácio Apostólico com a presença de Papa Francisco e outros membros da cúria romana em junho de 2016.

Em uma rara visita registrada por uma equipe de TV italiana, Papa Francisco se encontrou com Ratzinger em junho de 2018 juntamente com 14 cardeais da Santa Igreja. Aos 92 anos, ele cumprimentou os convidados sentado em uma cadeira ao lado de Francisco e mostrou um aspecto mais senhoril em um raríssimo registro de seu estado de saúde.


+Saiba mais sobre o tema por meio de grandes obras:

Dois Papas: Francisco, Bento e a decisão que abalou o mundo, de Anthony McCarten (2019) - https://amzn.to/38kjgAk

Quem sou eu para julgar? de Papa Francisco (2017) - https://amzn.to/3bECLFU

Devocional com Papa Francisco, de Papa Francisco e Jorge Mario (2016) - https://amzn.to/2vlohdo

Bento XVI - O Último, de Joseph Ratzinger e Peter Seewald (2017) - https://amzn.to/3bqF5QN

Os arquivos secretos do Vaticano: Da inquisição à renúncia de Bento XVI, os mistérios e os segredos trancados no maior acervo religioso do mundo, de Sérgio Pereira Couto (2013) - https://amzn.to/2HdAPG6

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.