Curiosidades » Personagem

Riqueza, mágoa e homossexualidade: Gloria Vanderbilt e o julgamento do século

Em meados de 1930, a menina de 10 anos foi objeto de conflito entre sua mãe e sua tia, que brigavam pela custódia da pequena

Pamela Malva Publicado em 05/04/2020, às 08h00

Gloria Laura Vanderbilt, a protagonista do julgamento do século
Gloria Laura Vanderbilt, a protagonista do julgamento do século - Wikimedia Commons

Original dos Países Baixos, a família Vanderbilt já foi uma das mais famosas da história dos Estados Unidos. Com uma fortuna avaliada em mais de 200 milhões de dólares, eles começaram seu império transportando cargas pela baía de Nova York.

Com empresários, atrizes, apresentadores e herdeiros, os Vanderbilts, quase tanto quanto os Rockefellers, têm uma trajetória repleta de polêmicas e tragédias. Em meados de 1930, a família, abalada por novas tecnologias, declarou falência.

Em 1934, entretanto, um escândalo ainda maior aconteceu. Naquele ano, Gertrude Vanderbilt Whitney decidiu entrar na justiça pela guarda de sua sobrinha e deu início ao que ficou conhecido como o julgamento do século.

Gloria Vanderbilt com sua mãe / Crédito: Wikimedia Commons

Uma garota promissora

Dona de cabelos castanhos e uma fortuna de quase 5 milhões de dólares, Gloria Laura Vanderbilt nasceu em Nova York, em 1924. Artística e criativa, ela cresceu para ser atriz, socialite e designer de moda, mãe de um apresentador da CNN.

Quando tinha 10 anos, no entanto, ela viu sua família colapsar conforme sua tia Gertrude processava sua mãe, Gloria Morgan Vanderbilt, no julgamento do século. De repente, sua vida tranquila se transformara em um show midiático.

Tudo começou quando a família Vanderbilt duvidou da capacidade que Morgan tinha de cuidar da filha pequena. Desconfiados, contrataram detetives e funcionários disfarçados para observar e analisar a vida da pequena Gloria.

O enorme julgamento

Com as provas circunstanciais em mãos, Gertrude deu início à batalha pela custódia da sobrinha, filha do falecido Reginald Claypoole. Nos momentos iniciais, as acusações contra Morgan diravam em torno de más influências e de negligência.

Entretanto, durante o julgamento, Gertrude trouxe à público a suposta relação lésbica entre Gloria Morgan Vanderbilt e Nadezhda de Torby, a marquesa de Milford Haven. A revelação escandalizou os presentes, que julgaram Morgan sem pensar duas vezes.

Caption

Considerada inapta para ser mãe, Gloria perdeu a guarda de sua filha, que passou a morar com Gertrude, sua tia paterna. Dalí em diante, ela só poderia ver a filha nos finais de semana e teve seus direitos paternais limitados.

Dois anos mais tarde, Gloria Morgan queria recuperar a custódia da filha e levou o caso ao Supremo Tribunal dos Estados Unidos. A casa, todavia, se recusou a julgar as denúncias e passou o processo para o Supremo Tribunal do Estado de Nova York.

Para a mãe, contudo, o tiro saiu pela culatra e ela só conseguiu mais tempo de visita do que tinha antes e não voltou com a pequena Gloria para casa. Em 1946, já aos 22 anos, Gloria Laura negou o subsídio anual à sua mãe, afirmando que ela era capaz de trabalhar.

Já traçando seus futuros passos na indústria cinematográfica e no mundo da moda, Gloria Laura decidiu redirecionar os 21 mil dólares que entregaria à mãe para instituições de caridade. Em 2019, Gloria Laura morreu em sua casa, vítima de um câncer de estômago. Ela tinha 95 anos.


+Saiba mais sobre o tema através das obras abaixo, disponíveis na Amazon

Vanderbilt, de Scott Slaughter (eBook) - https://amzn.to/2UFO0r7

The First Tycoon: The Epic Life of Cornelius Vanderbilt, T. J. Stiles (2010) - https://amzn.to/2ugIWPe

America’s Most Notorious Robber Barons: Jay Gould, Andrew Carnegie, and Cornelius Vanderbilt (English Edition), Edward Schultz (ebook) - https://amzn.to/2sEbdi2

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W