Notícias » Rússia

Após invasão, México não aplicará sanções contra a Rússia

A informação foi dada pelo presidente mexicano Andrés Manuel López Obrador nesta terça-feira, 1°

Redação Publicado em 01/03/2022, às 13h26

Presidente do México (à esqu.) e presidente da Rússia (à esqu.)
Presidente do México (à esqu.) e presidente da Rússia (à esqu.) - Getty Images

Diante da invasão da Ucrânia iniciada pela Rússia na última quinta-feira, 24, o país liderado por Vladimir Putin tem encarado sanções econômicas. No entanto, nem todos os países parecem concordar com os atos. As informações são da Reuters.

Andrés Manuel López Obrador, presidente do México, revelou durante coletiva, nesta terça-feira, 1°, que o país não vai seguir o ato de aplicar sanções contra a Rússia. O presidente explica que o México quer ter 'boas relações com todos os governos do mundo'. 

"Não vamos aplicar nenhum tipo de represália econômica porque queremos ter boas relações com todos os governos do mundo, afirmou López Obrador.

O presidente também aproveitou o momento para criticar a 'censura' na mídia do país comandado por Vladirmir Putin.

"Eu não concordo com o fato de que a mídia da Rússia ou de qualquer outro país seja censurada", explicou o presidente.