Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Vulcão

Após vulcão entrar em erupção na Rússia, chuva de cinzas impede pessoas de saírem na rua

Nuvem de cinzas chegou a 20 quilômetros de altura antes de começar a cair sobre as aldeias próximas do vulcão

Ingredi Brunato Publicado em 11/04/2023, às 10h34

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Trechos de vídeos mostrando erupção - Divulgação/ Redes Sociais
Trechos de vídeos mostrando erupção - Divulgação/ Redes Sociais

O vulcão Shiveluch, localizado no extremo leste da Rússia, entrou em erupção na madrugada desta terça-feira, 11, expelindo lava e, acima de tudo, grandes quantidades de poeira vulcânica. 

As cinzas, que a certo ponto formaram uma nuvem com área de 108 mil quilômetros quadrados que chegava a 20 quilômetros de altura, se precipitaram sobre as aldeias próximas, poluindo o ar. 

Por conta desse desdobramento, as autoridades da Península de Kamchatka, onde está situado o vulcão, orientaram os moradores locais a permanecerem dentro de suas casas. Além disso, foi emitido um alerta a respeito do espaço aéreo acima da região para que aviões evitassem passar por ali. 

Conforme informações do The Guardian, os montes de cinzas vulcânicas que se acumularam no chão chegaram a 8,5 centímetros de profundidade, números que já não eram vistos há 60 anos.

O vulcão estava se preparando para isso há pelo menos um ano... e o processo continua, embora tenha se acalmado um pouco agora", afirmou Danila Chebrov, que é a diretora da Geophysical Survey (que realiza estudos geofísicos) na península, ainda segundo o veículo. 

Shiveluch

O Shiveluch, vale mencionar, é considerado um dos vulcões mais ativos da Rússia, tendo entrado em erupção cerca de 60 vezes nos últimos 10 mil anos. A última dessas ocasiões foi em 2007, há 16 anos. 

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!