Notícias » Arqueologia

Arqueólogos encontram barcos de enterro viking na Noruega e na Suécia

Medindo entre 10 e 15 metros, as embarcações eram usadas como túmulos e enterradas junto dos indivíduos

Pamela Malva Publicado em 02/04/2020, às 15h00

Arqueólogos nas escavações feitas na Suécia
Arqueólogos nas escavações feitas na Suécia - Museu de história da Suécia

Durante escavações em Vinjeora, na Noruega, especialistas encontraram antigos navios vikings comumente usados em rituais de enterros. A descoberta só foi possível graças a um georadar de alta resolução.

Segundo os arqueólogos do Instituto Norueguês de Pesquisa do Patrimônio Cultural, os navios estavam enterrados um abaixo do outro e ambos tinham entre 10 e 15 metros. Agora, os barcos, que eram usados como túmulos, estão sendo analisadas.

Na primeira embarcação, os arqueólogos identificaram um um homem que morreu no século 8 d.C.. Logo acima dele, uma mulher foi enterrada em seu próprio navio, junto de raros artefatos, como um broche dourado em forma de cruz.

Mulher enterrada na Noruega, ao lado do medalhão encontrado em seu navio / Crédito: Divulgação/Museu da Universidade

 

Para Raymond Sauvage, da Universidade Norueguesa de Ciência e Tecnologia, os dois indivíduos foram enterrados juntos porque tinham algum grau de parentesco. Sendo assim, é provável que os dois fossem avô e neta.

Ao mesmo tempo, outros dois navios vikings foram encontrados em Uppsala, na Suécia. Em uma das embarcações, que estava muito bem preservada, o homem foi sepultado junto de um cavalo e um cachorro.

De acordo com os arqueólogos, era comum que homens e mulheres vikings fossem enterrados dessa forma. No ritual, o indivíduo era posicionado no convés do navio e, junto do barco, era coberto por terra para, então, descansar eternamente.