Notícias » China

Quem se candidata? Bebida alcóolica de 2,2 mil anos encontrada em perfeito estado de conservação

Achado incrivelmente raro foi na China, num vaso cerimonial de bronze; ninguém sabe ainda do que o dito vinho foi feito

Thiago Lincolins Publicado em 20/03/2018, às 15h20 - Atualizado às 17h37

Você beberia?
Você beberia? - XINHUA/Li Yibo

Arqueólogos da província de Shaanxi (China) realizavam escavações em túmulos de pessoas que viveram durante a dinastia Quin (221 - 206 a.C) quando se depararam com um vaso com cerca de 300 ml de um líquido leitoso e esverdeado, não exatamente convidativo. Testes posteriores revelaram se tratar de uma bebida alcóolica. Um "vinho", com chamaram. 

O licor que estava dentro da chaleira Reprodução / XINHUA/Li Yibo

O objeto de bronze foi encontrado no meio de 260 itens que foram desenterrados dos túmulos – entre eles uma espada de 60 cm e uma tartaruga de 14 cm. Os outros objetos eram utilizados em rituais de sacrifício, acreditam os pesquisadores.

O vinho de 2,2 mil anos estava em perfeito estado de conservação."Quando a chaleira de bronze foi encontrada, descobrimos que a sua parte superior estava selada com fibras naturais, o que provavelmente impediu o ingresso de ar e ajudou a preservar o líquido no recipiente", diz Xu Weihong, pesquisador do Instituto Provincial de Arqueologia Shaanxi em comunicado.

Além do álcool, o líquido contém ácido glutâmico e hidroxiprolina, presentes no vinho moderno e indícios de fermentação. Não se sabe ainda do que foi feito. Análises posteriores devem revelar este e mais detalhes sobre a fabricação de bebidas alcoólicas em Xianyang, a então capital da dinastia Qin.