Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Brumadinho

Brumadinho: partes de corpos identificados continuam no IML anos após a tragédia

Mais de 400 fragmentos recuperados na área da barragem de Brumadinho (MG) ao longo de 5 anos de buscas permanecem armazenados no local

por Giovanna Gomes

ggomes@caras.com.br

Publicado em 19/01/2024, às 08h45

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Imagem do desastre de brumadinho - Getty Images
Imagem do desastre de brumadinho - Getty Images

No IML de Belo Horizonte, mais de 400 fragmentos de corpos recuperados na área da barragem de Brumadinho (MG) permanecem armazenados. Esses fragmentos compõem parte dos 1.023 corpos ou segmentos descobertos ao longo dos cinco anos de buscas.

Dos 410 segmentos atualmente no IML, 133 correspondem a vítimas já identificadas. Algumas delas possuem mais de um fragmento guardado, destacando-se um caso em que 15 partes do corpo foram encontradas em diferentes pontos da lama.

A informação foi fornecida por Ângela Romano, perita especializada em mortes violentas e atual coordenadora do trabalho da Polícia Civil na Operação Brumadinho, segundo o portal UOL.

Vítimas sepultadas

A fonte informa que, das 133 vítimas identificadas, 130 já foram sepultadas. As famílias realizaram os enterros com base no primeiro segmento encontrado e identificado, enquanto algumas optaram por deixar novos fragmentos sob custódia do IML.

Esses fragmentos serão posteriormente transferidos para um memorial, cuja inauguração está prevista para o segundo semestre. Parte dos familiares decidiu não ser informada sobre novas descobertas.

Três vítimas ainda aguardam o sepultamento, e suas famílias mantêm a esperança de que outros segmentos possam ser localizados.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!