Notícias » Roma Antiga

Buraco aberto em frente ao Panteão revela piso romano original

As lajes são anteriores à reforma da praça Piazza della Rotonda feita durante o reinado do imperador Adriano

Isabela Barreiros Publicado em 05/05/2020, às 14h58

O piso original descoberto em Roma
O piso original descoberto em Roma - Divulgação

Uma dolina — uma depressão no solo — se abriu em frente ao edifício Panteão, localizado na Piazza della Rotonda, em Roma, na Itália. No entanto, o buraco revelou uma descoberta impressionante: o piso antigo e original piso da famosa praça romana.

Na verdade, o solo imperial já havia sido descoberto na década de 1990, mas foi pavimentado novamente e abandonado em baixo do solo. Mas, agora, pesquisadores poderão analisa-lo com mais profundidade.  

O buraco na Piazza della Rotonda / Crédito: Divulgação

 

O piso encontrado é feito de travertino, uma rocha calcária, e está localizado cerca de 2,5 metros abaixo do atual nível da praça. Ele é composto por sete lajes, que compõem parte do que anteriormente era o chão da Piazza della Rotonda.

Durante o Império Romano, a praça era muito maior do que é possível observar hoje. A área foi construída primeiramente no governo do imperador Augusto, entre 27 e 25 a.C. Mas, tempos depois, Adriano reformou o local, elevando o nível do largo e pavimentando novamente o solo.

"Mais de 20 anos após sua primeira descoberta, as lajes do antigo piso da praça em frente ao Panteão emergem intactas, protegidas por uma camada de pozolano fino”, explicou a superintendente especial de Roma, Daniela Porro. Para ela, a descoberta é "prova inequívoca da importância da proteção arqueológica, particularmente em uma cidade como Roma”.