Notícias » Brasil

Cantora gospel Ludmila Ferber morre aos 56 anos

A pastora mobilizou multidões evangélicas com canções de temas religiosos

Wallacy Ferrari Publicado em 27/01/2022, às 10h36

Ludmila durante apresentação
Ludmila durante apresentação - Divulgação / Instagram / pastoraludmilaferber

A cantora gospelLudmila Ferber faleceu durante a noite da última quarta-feira, 26, aos 56 anos, após uma longa batalha contra um câncer de pulmão, diagnosticado e anunciado publicamente no ano de 2018, quando a pastora revelou sua primeira sessão de quimioterapia em seu perfil pessoal do Instagram.

Desde então, a luta contra a condição era relatada pela artista aos seguidores, publicando sua última foto no último dia 24 de janeiro, já bastante magra em decorrência do tratamento incisivo contra a doença. A informação de sua morte foi confirmada por amigos da cantora em redes sociais, que prestaram homenagens.

Com grandes composições da artista cantadas não apenas por artistas gospel, como Fernanda Brum e Ana Paula Valadão, mas também por cantores seculares, como Marília Mendonça, Ludmila recebeu diversas homenagens de artistas do gênero, enaltecendo a luta da religiosa e a força que proporcionou aos fiéis e fãs de seu trabalho.

Pelo Instagram, a amiga Fernanda Brum lamentou a perda: "Você foi, você é, nossa amizade, seu ministério… São tantas histórias e lembranças que não cabem num post, numa foto. Temos uma vida e um legado. Eu amo você, o que você deixou de aprendizado. [...] Descanse em paz com nosso Deus, amigo e salvador. Nos encontraremos na eternidade e ela verá os frutos de tudo que plantou!”.