Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Caribe

Caribe: Tubarão-da-Groenlândia com mais de 500 anos é visto na região

O Tubarão-da-Groenlândia está entre as maiores espécies do mundo; eles podem atingir até 6,4 metros de comprimento e pesar até 1.000 quilos

Redação Publicado em 29/11/2023, às 16h01

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Imagem que ilustra um tubarão-da-Groenlândia - Reprodução/Redes Sociais/X/@MarAssustador
Imagem que ilustra um tubarão-da-Groenlândia - Reprodução/Redes Sociais/X/@MarAssustador

Próximo de Belize, no Caribe, reapareceu o animal mais longevo do mundo, com idade aproximada de 518 anos: o tubarão-da-Groenlândia. Conforme estudos, esses tubarões podem viver, pelo menos, 400 anos. Essa idade, representa o dobro da expectativa de vida da tartaruga-gigante, o animal terrestre mais longevo.

Por viver em águas extremamente frias e profundas, a dificuldade de acesso faz com que o tubarão-da-Groenlândia seja pouco estudado quando comprado com outras espécies. Com nome científico de somniosus microcephalus ('sonolento de cabeça pequena'), ele é conhecido por ser devagar.

Segundo repercutiu o jornal O Globo, a espécie vista no Caribe está entre as maiores do mundo, e em tamanho se aproximam dos tubarões-brancos, capazes de atingir até 6,4 metros de comprimento e pesar até 1.000 quilos. Quando se trata de maturidade reprodutiva, estima-se que eles a atinjam por volta dos 150 anos.

Outros detalhes 

A carne do tubarão-da-Groenlândia, quando ingeridas por humanos, podem induzir sintomas semelhantes à embriaguez grave. Tal toxicidade relaciona-se ao óxido de trimetilamina (TMAO) presente nos tecidos da carne desses tubarões que os ajudam a resistir aos efeitos adversos do frio intenso e da alta pressão da água.

Além disso, esses tubarões raramente atacam humanos, e preferem estar em águas que variam de -1 a 10°C, migrando para as regiões mais frias a cada estação.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!