Notícias » Pandemia

Cidade no interior de São Paulo proíbe venda de bebidas alcoólicas como prevenção contra a pandemia

O intuito por trás do decreto é diminuir o número de festas clandestinas na região e evitar o aumento da contaminação

Daniela Bazi Publicado em 27/03/2021, às 09h00

Imagem ilustrativa de um bar
Imagem ilustrativa de um bar - Pixabay

A Prefeitura da Cidade de Ipuã, em São Paulo, anunciou na última sexta-feira, 26, a proibição da comercialização de qualquer tipo de bebida alcoólica até o dia 5 de abril, como uma medida de prevenção contra a Covid-19. As informações são do G1.

O intuito por trás do decreto é diminuir o trânsito de pessoas e a realização de festas ilegais na região. Segundo Evandro Antônio dos Santos Júnior, secretário municipal de Administração, através do documento oficial "Um segmento da população não está respeitando as medidas de isolamento social, organizando festas e aglomerações clandestinas regadas pelo consumo de bebidas alcoólicas, prejudicando toda a coletividade".

A partir de agora, durante o período determinado, pessoas físicas e empresas que descumprirem a regra poderão receber penalidades que vão de advertência, suspensão e cassação do alvará de funcionamento, a multas de R$ 1,4 mil a R$ 4,3 mil.

Os estabelecimentos ainda permanecem com o funcionamento liberado entre as 6h até às 20h, no entanto, apenas para a venda de outros produtos. A comercialização de bebidas alcoólicas feitas através de delivery ou drive-thru também estão proibidas.