Notícias » Mundo

No Chile, bebê é vacinado contra a covid-19 por engano

A mãe do pequeno explicou o que estaria por trás do erro

Ingredi Brunato, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 23/03/2021, às 15h33

Fotografia meramente ilustrativa de bebê segurando mão de adulto
Fotografia meramente ilustrativa de bebê segurando mão de adulto - Divulgação/Pixabay

No Chile, uma enfermeira acidentalmente aplicou uma vacina contra a covid-19 em um bebê de apenas seis meses, em vez de lhe dar a vacina que ele tinha sido levado para receber. O caso foi repercutido pelo Catraca Livre e Revista Crescer.

De acordo com a mãe do pequeno, o erro poderia ter acontecido pelo fato dos fracos estarem armazenados na mesma geladeira. Ao tomar consciência do que havia acontecido, a família contatou a Secretaria Regional de Saúde, que passou a monitorar o estado de saúde da criança.

A troca das vacinas poderia tornar-se um problema pelo fato dos imunizantes contra o coronavírus serem direcionados para maiores de 16 anos — não existem sequer testes conclusivos a respeito de como o organismo de crianças poderia reagir à vacina

Apesar dos temores iniciais dos médicos e familiares, felizmente segundo as autoridades de saúde chilenas até o momento o bebê não manifestou nenhum efeito colateral que seja motivo de preocupação.