Notícias » Cultura

Clássico de George Orwell é relançado em uma nova edição em quadrinhos

Pela primeira vez na literatura, a distopia 1984 é adaptada para os quadrinhos e conta com ilustrações do artista paulistano Fido Nesti

Victória Gearini Publicado em 18/11/2020, às 07h12

George Orwell, autor de 1984
George Orwell, autor de 1984 - Getty Images

Publicado originalmente em 1949, o famoso romance distópico 1984, do escritor britânico George Orwell, foi relançado no início deste mês pela Editora Quadrinhos na Cia. A obra, que retrata uma sociedade vigiada e manipulada por um governo onipresente, ganhou uma edição adaptada para histórias em quadrinhos, com ilustrações de autoria do artista paulistano Fido Nesti. 

Nascido na Índia Britânica,Eric Arthur Blair, mais conhecido pelo pseudônimo George Orwell, foi um escritor, jornalista e ensaísta político inglês. Suas escritas são marcadas pela intensa oposição ao totalitarismo, configurando perspicaz e bom-humor ao longo de suas obras.

Capa da obra 1984 (Edição em quadrinhos), de George Orwell (2020) / Crédito: Divulgação / Editora Quadrinhos na Cia

 

Com forte senso de crítica social e uma consciência profunda sobre injustiças sociais, seus livros distópicos defendem, ainda, o autonomismo político, motivo que o fizeram ser conhecido como simpatizante anarquista. 

Uma de suas obras mais famosas, 1984, foi ambientada na Pista de Pouso Número 1 — anteriormente conhecida como Grã-Bretanha — em um mundo de vigilância governamental onipresente, guerras e manipulação pública. Nesta distopia, os moradores são governados por um regime político totalitário, chamado de Socialismo Inglês ou, simplesmente, Ingsoc — nova linguagem inventada pelo Estado ditador. 

Ilustração retirada da página dez, de 1984 (Edição em quadrinhos) / Crédito: Divulgação / Editora Quadrinhos na Cia

 

Sob o controle da elite do Partido Interno, os habitantes deste superestado não podem exercer a liberdade individual e de expressão, por configurar "crime de pensamento", segundo a lei da Polícia do Pensamento. Aclamada pela crítica, 1984 tornou-se referência entre obras literárias com temáticas distópicas. 

Recém-lançada pela Editora Quadrinhos na Cia, a edição em quadrinho de 1984 foi ilustrada pelo artista paulistano Fido Nesti. O novo formato retrata a angustiante história de Winston Smith, rapaz que vive a mercê de um mundo regado pela opressão absoluta. Em Oceânia a mentira foi institucionalizada, e ter uma mente livre é considerado um grave crime.

Ilustração retirada da página 17, de 1984 (Edição em quadrinhos) / Crédito: Divulgação / Editora Quadrinhos na Cia

 

No entanto, cansado de viver nestas condições, o personagem principal decide se rebelar contra o sistema. Em busca por justiça, verdade e liberdade, Smith se apaixona por uma colega, a formidável Julia. Entretanto, o rapaz arrisca a sua vida ao se revoltar contra o poder vigente. 

Disponível na Amazon em formato Kindle e capa comum, este romance gráfico extraordinário revela quais implicações surgiriam caso as ideias totalitárias fossem implantadas de fato. De maneira artística e crítica, esta edição busca fazer o leitor refletir, ainda, as nuances da natureza humana.


+Saiba mais sobre esta e outras de George Orwell, disponíveis na Amazon:

1984 (Edição em quadrinhos), de George Orwell (2020) - https://amzn.to/3lAmvdv

A revolução dos bichos, de George Orwell (2007) - https://amzn.to/3lFfA2L

A Fazenda dos Animais, de George Orwell (2020) - https://amzn.to/2UA8noH

O que é fascismo?, de George Orwell (2017) - https://amzn.to/2IBe8jO

Como morrem os pobres e outros ensaios, de George Orwell (2011) - https://amzn.to/2INRZy5

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W