Notícias » Cultura

Com 416 verbetes o livro "Enciclopédia Negra" chega às livrarias brasileiras

Escrita por Flávio Gomes, Jaime Lauriano e Lilia Moritz Schwarcz, a obra conta com a colaboração de 36 ilustres artistas negros

Victória Gearini Publicado em 24/03/2021, às 16h04

Capa da obra "Enciclopédia Negra" (2021)
Capa da obra "Enciclopédia Negra" (2021) - Divulgação / Companhia das Letras

Na próxima segunda-feira, 29, chega às livrarias brasileiras pela Companhia das Letras, a obra “Enciclopédia Negra”, de Flávio Gomes, Jaime Lauriano e Lilia Moritz Schwarcz.

[Colocar ALT]
Capa da obra "Enciclopédia Negra" (2021) / Crédito: Capa da obra "Enciclopédia Negra" (2021)

No ilustre livro, os escritores revelam a importância do protagonismo negro ao longo da história brasileira, reconstituíndo o período da escravidão e do pós-abolição.

Além disso, a partir de uma linguagem singular e profunda, os autores apresentam mais de 500 figuras que impactaram a história nacional.

Dentre os personagens, é possível encontrar personagens ativistas e revolucionários; líderes religiosos de matriz africana; curandeiros e médicos; e figuras maternas que lutaram bravamente pela alforria do seu povo. 

Reunidos em um memorável caderno fotográfico, os 416 verbetes biográficos dessa enciclopédia foram produzidos por mais de 36 ilustres artistas, que por meio de belíssimas ilustrações reconstituíram experiências individuais e coletivas de pessoas que marcaram o país.

Com o apoio do Instituto Ibirapitanga, o projeto da Enciclopédia Negra ganhará uma exposição com mais de 100 retratos de personalidades negras. O projeto foi organizado pela Pinacoteca de São Paulo e está previsto para ser oficialmente inaugurado em abril deste ano. 

Com arte de capa feita por Oga Mendonça, a obra já encontra-se disponível em pré-venda na Amazon


+Saiba mais sobre esta e outras obras relacionadas ao tema disponíveis na Amazon:

Enciclopédia Negra, de Flávio Gomes, Jaime Lauriano e Lilia Moritz Schwarcz (2021) - https://amzn.to/3d2ogNF

Novo Mundo em Chamas, de Víktor Waewell (2020) - https://amzn.to/37Yrz6K

Escravidão, de Laurentino Gomes (2019) - https://amzn.to/37n5OLI

Escravidão e cidadania no Brasil monárquico, de Hebe Maria Mattos (1999) - https://amzn.to/2rcVZPV

Na Senzala, uma Flor, de Robert W. Slenes (2012) - https://amzn.to/333xXV0

A escravidão no Brasil, de Jaime Pinsky (1988) - https://amzn.to/344nNEN

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W