Notícias » Música

Conhecida por “Bella Ciao”: Cantora Milva morre aos 81 anos

"Uma intérprete culta, sensível e versátil, muito apreciada na Itália e no exterior”, lamentou o presidente italiano Sergio Mattarella

Fabio Previdelli Publicado em 26/04/2021, às 12h40

A cantora italiana Milva
A cantora italiana Milva - Wikimedia Commons

A cantora italiana Milva, famosa pela icônica música “Bella Ciao”, morreu aos 81 anos na última sexta-feira, 23. A informação foi confirmada por sua filha, Martina Corgnati, que informou que a cantora estava doente há algum tempo.  

Maria Ilva Biolcati, nome de batismo da artista, vivia em Milão com Martina e sua secretária, Edith. Além do clássico que voltou a ganhar repercussão por ser trilha sonora da série “La Casa de Papel”, da NetflixMilva também marcou época com os sucessos “Tango Italiano” e “Flamengo Rock” — canções de sua autoria. 

Além de sua voz, a italiana ocupava os palcos atuando. Segundo matéria publicada pelo UOL, ela também foi atriz e, inclusive, chegou a participar de cerca de 40 peças de teatro no tempo em que esteve na ativa, entre 1964 e 2009. 

A morte da cantora ganhou enorme repercussão na Itália. Para Sergio Mattarella, presidente do país, Milva foi uma “protagonista da música italiana”. 

"Uma intérprete culta, sensível e versátil, muito apreciada na Itália e no exterior. Expresso meu sentimento de condolências à família", escreveu em seu Twitter. 

"Sua voz suscitou profundas emoções em gerações inteiras. Uma grande italiana, uma artista que, começando de sua terra amada, alcançou os palcos internacionais, tornando seu sucesso global e levando ao alto o nome de seu país", completou Dario Franceschini, Ministro de Cultura.  

De acordo com informações da agência italiana de notícias ANSA, o velório de Milva acontecerá na próxima terça-feira, 27, em uma cerimônia privada no Piccolo Teatro Strehler, em Milão.