Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Coreia do Norte

Coreia do Norte reconhece 'governos' de territórios separatistas da Ucrânia

As autoproclamadas repúblicas foram reconhecidas pela Rússia logo antes de sua invasão à Ucrânia, entenda!

Redação Publicado em 13/07/2022, às 16h27

Embaixadores da Coreia do Norte e de República Popular de Donetsk em reunião - Divulgação/ Telegram/ República Popular de Donetsk
Embaixadores da Coreia do Norte e de República Popular de Donetsk em reunião - Divulgação/ Telegram/ República Popular de Donetsk

A Coreia do Norte reconheceu, nesta quarta-feira, 13, as autoproclamadas Repúblicas Populares de Donetsk (DPR) e Lugansk (LPR), regiões separatistas da Ucrânia. A legitimidade desses dois governos é reconhecida por apenas dois outros países, a Rússia e a Síria. 

Vale mencionar aqui que o governo russo fez o ato às vésperas de sua invasão ao país, que é descrita pelo Kremlin como uma "operação militar especial" destinada à libertação de certos territórios.

Aliança política e econômica

Conforme informações repercutidas pela Reuters, o atual líder da DPR, Denis Pushilin, reagiu ao apoio norte-coreano através de uma mensagem em seu canal do Telegram. 

"O status internacional da República Popular de Donetsk e seu estado continuam se fortalecendo. Esta é mais uma vitória diplomática para nós", escreveu ele. 

Esta decisão política também fornecerá a base para o desenvolvimento futuro de nossas relações econômicas. A parceria bilateral permitirá que nossas empresas expandam seu comércio. Espero uma cooperação ativa e frutífera", concluiu Pushilin

Juntamente do texto, havia uma fotografia tirada na embaixada da República Popular de Donetsk em Moscou. Na imagem, é possível ver Sin Hong-chol, um representante da Coreia do Norte, entregando um certificado que afirma a legitimidade do novo 'Estado independente' a Olga Makeyeva, uma representante da região separatista.