Notícias » Pré-História

Dente canino de um dos últimos Neandertais é encontrado na Itália

Encontrado ao norte do país, o dente pertenceu a uma criança que viveu há 48 mil anos

Alana Sousa Publicado em 17/09/2020, às 17h00

Dente encontrado na Itália
Dente encontrado na Itália - Divulgação/Journal of Human Evolution

Arqueólogos das Universidades de Bolonha e Ferrara encontraram um dente de quase 50 mil anos nas colinas Berici, na região de Vêneto, Itália. Após submeter o fóssil a exames especializados, um detalhe chamou ainda mais a atenção dos pesquisadores. Os resultados foram publicados na revista Journal of Human Evolution.

O dente de leite canino pertenceu a um dos últimos Neandertais, extintos há 40 mil anos. Os especialistas conseguiram descobrir que o dente era de uma criança que tinha entre 11 e 12 anos, e vivia nas proximidades de Riparo del Broion, há cerca de 48 mil anos.

“A arqueologia de campo pré-histórica de alta resolução nos permitiu encontrar o dente, então empregamos abordagens virtuais para as análises de sua forma, genoma, tafonomia e de seu perfil radiométrico. Seguindo esse processo, poderíamos identificar esse dente como pertencente a uma criança aquele foi um dos últimos Neandertais na Itália”, afirmou Matteo Romandini, autor do estudo e pesquisador da Universidade de Bolonha.

O estudo ainda revelou que o menino era parente de Neandertais que viviam na Bélgica. De acordo com o artigo, a região de Riparo del Broion, analisada desde 1998, é uma parte essencial para entender os últimos Neandertais da Europa, que viveram ao mesmo tempo em que o Homo Sapiens também já começava a conquistar seu espaço.