Notícias » Arqueologia

Durante obras, ossos de baleia e vestígios de cidade antiga são encontrados em Edimburgo

A capital escocesa se deparou com uma grande surpresa quando o grupo de arqueólogos localizou os artefatos

Caio Tortamano Publicado em 18/06/2020, às 14h30

Ossos de baleia ao lado da bala de canhão encontrada
Ossos de baleia ao lado da bala de canhão encontrada - Divulgação

Durante obras de ampliação da linha de bondes da cidade de Edimburgo, na Escócia, itens históricos foram encontrados. Entre eles, ossos de uma baleia, uma bala de canhão do século 17 e alguns vestígios de defesas marítimas utilizados no bairro de Leith, também na capital escocesa.

Arqueólogos participaram do trabalho de escavação dessas peças, e dão novos detalhes acerca da história do lugar. A bola de canhão data do século 17, época em que o país passava por uma guerra civil e precisou que Leith fosse fortificada.

Bala de canhão encontrada / Crédito: Divulgação

 

As defesas marítimas nada mais são do que uma longa parede de pedra, que serviam para conter o avanço do mar, e evitar possíveis invasões. Já os ossos da baleia ainda não foram datados por carbono-14, mas especialistas indicam que eles podem ter pertencido a uma baleia macho já adulta.

A respeito das ossadas, o arqueólogo John Lawson, que participou das escavações, afirmou ser particularmente interessante: "Esses ossos fornecem um raro vislumbre e também um vínculo físico com o passado das baleias de Leith, uma de suas indústrias marítimas menos conhecidas e que, no século 20, alcançou a Antártida", disse ele. O local era importante no comércio e manuseio dos recursos extraídos dos animais.