Notícias » EUA

Em três anos de governo, Trump mentiu mais de 16 mil vezes, afirma pesquisa

Segundo sistema de contabilização do Washington Post, muitas alegações foram feitas pelo Twitter

André Nogueira Publicado em 21/01/2020, às 09h10 - Atualizado às 09h10

Donald Trump, presidente dos EUA
Donald Trump, presidente dos EUA - Getty Images

De acordo com uma análise pelo sistema algoritmo do Washington Post, apelidado de Fact Checker’s, o atual presidente estadunidense Donald Trump, em três anos de governo, declarou 16.241 alegações falsas ao público. Entre os temas recorrentes, citam-se informações sobre as relações com a Ucrânia, a construção do muro na fronteira sul e o crescimento econômico do país.

O número divulgado contabilizou declarações feitas pelo presidente até o dia 19 de janeiro de 2020, sendo possível perceber uma concentração de frases mentirosas entre os meses de outubro e novembro de 2018 e 2019, momentos em que o tema da investigação de Joe Biden pelo governo Zelensky, no país do Leste Europeu, estava em voga.

Em protestos da oposição, a fama de mentiroso de Trump é conhecida / Crédito: Getty Images

 

Diversas mentiras de Trump foram propagadas mais de uma vez, como é o caso da afirmação de que seu governo foi responsável pela redução de impostos nos EUA, sendo que sete presidentes o fizeram em maior peso nos últimos cem anos do que ele. Trump também afirmou que este é o momento da economia na história do país.

Segundo o relatório do Washington Post, além de pronunciamentos oficiais, outros meios de comunicação têm grande peso na disseminação das falsas alegações de Trump, sendo que 20% delas ocorreram via Twitter.