Notícias » Arqueologia

Escavações no Iraque revelam mais de 140 relíquias

A variedade da coleção de artefatos reflete a riqueza dos sítios arqueológicos da região

Ingredi Brunato, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 05/04/2022, às 11h48

Fotografia de alguns dos itens históricos encontrados
Fotografia de alguns dos itens históricos encontrados - Divulgação/ Departamento de Arqueologia de Diala

O Departamento de Arqueologia de Diala, uma província do Iraque, foi capaz de desenterrar 141 artefatos históricos, conforme repercutido pela Shafaq News nesta terça-feira, 5. 

As relíquias descobertas são variadas, o que inclui objetos de uso comum, como vasos, bonecas, lamparinas e ferramentas de diferentes tipos, mas também itens que já eram valiosos na época que eram usados, como moedas de prata e joias. 

De acordo com Ahmed Khammas, que lidera o Departamento de Arqueologia do local, as estimativas iniciais são de que os objetos pertenceram a cidadãos do Império Selêucida e do Império Parta, ambas potências importantes da região no passado. 

Outro detalhe é que 91 desses achados foram feitos na cidade de Baquba, e o restante em Muqdadiyah. 

A província de Diala, vale mencionar, é muito rica em tesouros do passado, possuindo mais de 800 sítios arqueológicos. Atualmente, os especialistas estimam que apenas 5% deles tenham sido satisfatoriamente explorados.