Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Arqueologia

Fivela medieval mostrando cobra comendo sapo é encontrada na Tchéquia

O artefato revela pistas a respeito das crenças do povo germânico no período anterior à Era Cristã, que é menos conhecido pela arqueologia

Ingredi Brunato Publicado em 12/12/2023, às 12h01

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Imagem mostrando a fivela, com cores artificiais adicionadas para ajudar na visualização dos animais representados - Divulgação/ Masaryk University Brno
Imagem mostrando a fivela, com cores artificiais adicionadas para ajudar na visualização dos animais representados - Divulgação/ Masaryk University Brno

Em Brun, cidade da Tchéquia (também chamada de República Tcheca), uma escavação trouxe para a superfície uma incrível fivela de bronze decorada que remonta ao século 8, tendo sido fabricada, portanto, durante a Idade Média.

O artefato, que no passado foi parte de um cinto, possui a imagem esculpida de uma serpente devorando um sapo. Segundo repercutiu o Radio Prague Internacional, trata-se de um símbolo comum tanto na mitologia germânica, quanto na eslava, sendo relacionado às suas lendas de criação do mundo. 

Mais detalhes 

Jiří Macháček, especialista que lidera o departamento de arqueologia da Universidade Masaryk (a instituição responsável pela análise da descoberta), apontou em uma declaração repercutida pelo veículo que a relíquia provavelmente foi usada por um membro da elite da época. 

Vale mencionar que diversas fivelas de cinto semelhantes a essa já foram descobertas em assentamentos através da Europa Central — um sinal de sua relevância cultural. 

Fazia parte de um traje usado pelos ávaros, o povo nômade estabelecido na bacia dos Cárpatos, na atual Hungria. No entanto, também foi usado por nações vizinhas ou grupos de pessoas.", explicou o pesquisador. 

O estudo do artefato é particularmente importante por ter o potencial de ajudar os arqueólogos a entenderem melhor como eram as crenças religiosas das sociedades da região antes da Era Cristã. 

"Sabemos muito pouco sobre a religião pré-cristã entre o povo germânico e o povo eslavo. Quase não temos fontes escritas sobre isso. Acreditamos que esta cena da cobra lutando poderia estar ligada à religião pré-cristã dos povos da Europa Central. Portanto, tais descobertas arqueológicas poderiam ser muito importantes para a discussão sobre a religião dessas pessoas antes do cristianismo", apontou Macháček ainda.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!