Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Madeleine McCann

Homem suspeito no caso Madeleine McCann tinha plano para sequestrar uma criança, afirma ex-colega

Um ex-colega de Christian Brueckner, principal suspeito no caso de sequestro, detalhou o “plano secreto” do alemão em uma nova entrevista

Redação Publicado em 10/02/2024, às 07h14 - Atualizado em 11/02/2024, às 11h29

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
A pequena Madeleine McCann - Wikimedia Commons, com atribuição de Creative Commons
A pequena Madeleine McCann - Wikimedia Commons, com atribuição de Creative Commons

Christian Brueckner, o alemão apontado como principal suspeito no caso do sequestro de Madeleine McCann, tinha um “plano secreto” para raptar e vender uma criança, alega uma ex-colega, Ken Ralphs, durante entrevista ao jornal britânico The Mirror.

Ken disse ao veículo britânico que Bruckner teria confessado em segredo o suposto plano de sequestrar uma criança a um amigo comum entre eles. Na entrevista, Ralphs afirma que McCann tentou “cooptar” esse outro amigo que passava por dificuldades financeiras para ajudá-lo. 

Conforme repercutido pelo UOL, Ralphs explicou que Bruckner pretendia sequestrar uma criança e vendê-la para um casal europeu rico que não conseguiam ter filhos. Os supostos compradores seriam de nacionalidade alemã, assim como o suspeito do sequestro de Madeleine.

Uma noite, estávamos sentados ao redor da fogueira, tomamos algumas cervejas e, pouco tempo depois, meu amigo começou a chorar. Perguntei a ele o que estava aconteceu e ele expôs o plano que o Christian tinha para roubar uma criança e vendê-la”, relembrou Ralphs ao The Mirror.

Responsabilidade

Ralphs, que optou por não revelar o nome de seu amigo, disse ter aconselhado e conseguido convencê-lo a desistir de ajudar Brueckner. Uma semana depois dessa conversa, Madeleine McCann desapareceu.

Ele alega ter procurado a polícia na época para contar o que sabia, além de ter se dirigido pessoalmente ao local onde Brueckner estava em Portugal, onde o sequestro da criança ocorreu, mas o suspeito não estava mais lá.

A polícia ainda não conseguiu confirmar que Christian Brueckner é o responsável pelo desaparecimento de McCann em 2007, quando a menina tinha apenas 3 anos de idade. Ele está preso na Alemanha desde 2018, após ser condenado por estuprar uma mulher de 72 anos. Ele nega as acusações de envolvimento no sequestro de Madeleine.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!