Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Brasil

Internautas se revoltam com desaparecimento de Dom Philips e Bruno Pereira

Nesta segunda-feira, 13, foi divulgada pela esposa do jornalista a informação de que os corpos da dupla foram encontrados

Redação Publicado em 13/06/2022, às 10h57

Dom Phillips e Bruno Araújo Pereira - Divulgação/Twitter e Funai
Dom Phillips e Bruno Araújo Pereira - Divulgação/Twitter e Funai

Alessandra Sampaio, esposa de Dom Philip, jornalista britânico desaparecido na Amazônia no início deste mês de junho, afirmou nesta segunda-feira, 13, que a Polícia Federal brasileira a contatou para avisar que os corpos de seu marido e Bruno Pereira, indigenista que viajava com ele, foram encontrados. 

A informação, vale dizer, não foi confirmada pela União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (Univaja), a associação de defesa indígena que denunciou o desaparecimento da dupla, e foi negada por uma nota da PF ao público, segundo repercutido pelo g1. 

"O Comitê de crise, coordenado pela Polícia Federal/AM, informa que, não procedem as informações que estão sendo divulgadas a respeito de terem sido encontrados os corpos do Sr. Bruno Pereira e do Sr. Dom Phillips. Conforme já divulgado, foram encontrados materiais biológicos que estão sendo periciados e os pertences pessoais dos desaparecidos. Tão logo haja o encontro, a família e os veículos de comunicação serão imediatamente informados", dizia a declaração.

O caso de Dom Philip, que escrevia matérias a respeito do Brasil para veículos internacionais relevantes, como The Washington Post, New York Times e The Guardian, tem chamado atenção desde o início, e diversos internautas se mostraram frustrados com a notícia de que o comunicador, juntamente do ativista Bruno Pereira, estaria morto.

Confira algumas publicações comentando a situação no Twitter: