Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Tatuagens

Mulher tatua em seu próprio corpo desenhos relacionados a traumas vividos por desconhecidos

Até o momento, a tatuadora fez 96 desenhos que simbolizam traumas vividos por seus seguidores

por Giovanna Gomes

ggomes@caras.com.br

Publicado em 31/01/2023, às 08h07

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
A tatuadora Chelsea - Divulgação / vídeo / SWNS
A tatuadora Chelsea - Divulgação / vídeo / SWNS

A norte-americana Chelsea Rohrbough, de 31 anos, deu início, em novembro de 2022, a um novo projeto: cobrir seu próprio corpo de tatuagens que simbolizassem traumas vividos por outras pessoas. Hoje, a mulher já contabiliza 96 desenhos sugeridos por seus seguidores no TikTok.

Chelsea, que vive nos EUA, disse ter recebido mais de 7 mil pedidos de tatuagens em entrevista ao tabloide britânico The Mirror. Entre os símbolos já feitos, estão uma tela de celular quebrada em homenagem a vítimas de abuso sexual online e a palavra "love" cercada de manchas que remetem a hematomas, representando pessoas que sofreram violência doméstica.

"Já tatuei desenhos relacionados a casos de assassinato que não tiveram justiça, a vítimas de tráfico sexual e nomes de pessoas trans que não foram aceitas por seus pais. Quero trazer consciência sobre esse tipo de coisa", afirmou Rohrbough.

Segundo informações do portal de notícias UOL, Chelsea sabe o que cada uma de suas tatuagens significa e sempre é questionada sobre o tema, "principalmente quando estou usando shorts, pessoas aleatórias me param para perguntar sobre as tatuagens", disse ela.

Tatuadora autodidata

De acordo com a mulher, a ideia de ser tatuadora é bastante recente, tendo surgido durante a pandemia. "Eu pintei e desenhei por anos e durante a covid-19 encomendei uma máquina de tatuagem na Amazon e fui autodidata. Sou mãe solo, então não tinha dinheiro para fazer um estágio", declarou a americana, que afirma que a iniciativa é um projeto de vida e que pretende tatuar o corpo todo.

"Quando eu parar, serão mais de 10.000 pedidos e o plano é ter alguns TikTokers que vão dar continuidade ao projeto em seus corpos", disse Chelsea ao The Mirror.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!