Notícias » Pré-História

Pesquisadores acreditam que os neandertais comiam mais carne do que se imaginava

Cientistas tentam decifrar a dieta dos nossos parentes próximos

Mariana Ribas Publicado em 03/01/2019, às 12h03 - Atualizado às 14h09

Neandertal
Getty Images

Uma das certezas que os cientistas têm é de que os Neandertais comiam carne. Entretanto, pesquisas recentes indicaram que eles também comiam plantas, deixando os pesquisadores com novas dúvidas sobre a dieta dos nossos parentes.

O fato é que o hominídeo tem níveis maiores e mais densos de nitrogênio, como o nitrogênio 15 que em relação ao nitrogênio 14 é bem maior. Nas plantas, o nitrogênio 15 está presente em menor quantidade, e se torna maior na cadeia alimentar por ser mais concentrado dificultando a sua quebra, já o nitrogênio 14 quebra-se mais fácil.

Através de estudos baseados nesses fatos, a pesquisadora da Universidade George Washington, Kimberly Foecke, começou a examinar as carnes e percebeu que as variações de nitrogênio estudadas indicam que os Neandertais comiam mais carne do que imaginávamos.

Para que a pesquisa seja mais exata, Foecke está examinando carnes de todos os jeitos, até apodrecidas. E as carnes não podem ter nenhuma química, porque afinal, isso não existia naquela época.