Notícias » Rússia

Para Rússia, Estados Unidos minimiza papel da União Soviética na Segunda Guerra

Em um documento publicado ontem, 10, Moscou afirmou que as autoridades estão “extremamente indignadas com as tentativas de distorcer a transcendência da contribuição decisiva de nosso país”

Alana Sousa Publicado em 11/05/2020, às 13h45

Tanque de destruição soviético usado na Segunda Guerra
Tanque de destruição soviético usado na Segunda Guerra - Divulgação/Klimblim

Em um comunicado publicado no último domingo, 10, o ministério russo das Relações Exteriores acusou os Estados Unidos de tentar minimizar e “distorcer” o papel da União Soviética na vitória contra a Alemanha Nazista, na Segunda Guerra.

A Casa Branca havia emitido uma nota no Facebook apenas mencionando os EUA e a Grã-Bretanha como vencedores na terrível guerra. Após isso, a Rússia exigiu uma “conversa séria” sobre o assunto com representantes do governo de Donald Trump.

"Os funcionários americanos não tiveram a coragem nem a vontade de homenagear o papel inegável e a quantidade colossal de vítimas que o Exército Vermelho e o povo soviético sofreram em nome de toda a humanidade", destacou Moscou no texto.

Além dos Estados Unidos, a Rússia acusa também a Europa, a Ucrânia e a Polônia por menosprezar o papel exercido pela União Soviética. Por outro lado, o fato é sempre objeto de admiração do presidente Vladimir Putin e dos cidadãos russos.

É inegável a forte participação da URSS na Segunda Guerra, tendo perdido cerca de 27 milhões de soviéticos; além de serem os responsáveis pela libertação do campo de concentração Auschwitz e pelo encontro e destruição do bunker no qual Hitler cometeu suicídio, em 1945.