Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Esportes

Patinadora russa de 15 anos testa positivo no controle de doping

Kamila Valieva havia conquistado o ouro por equipe e a Rússia se envolve em escândalo olímpico mais uma vez

Penélope Coelho Publicado em 11/02/2022, às 09h00

Kamila Valieva - Getty Images
Kamila Valieva - Getty Images

Recentemente, a Rússia teve o nome envolvido novamente em um escândalo de doping. O caso foi confirmado nesta sexta-feira, 11, pela Agência Internacional de Testagem (ITA).

A instituição confirmou que a jovem patinadora russa, de somente 15 anos,Kamila Valieva, testou positivo no controle de doping. A atleta — que era uma das estrelas das Olimpíadas de Inverno de Pequim — havia conquistado o ouro, na disputa de equipes femininas de patinação de gelo.

De acordo com informações publicadas pelo jornal O Globo, o exame realizado em dezembro, antes dos Jogos de Inverno, apontou que Kamila usou Trimetazidina. A substância proibida é usada para tratar dores no peito e pode alterar a eficiência metabólica do coração.

A cerimônia de entrega de medalhas da competição em questão foi adiada e Valevia foi suspensa dos Jogos temporariamente. Contudo, a decisão foi revogada. Agora, o Comitê Olímpico Internacional trabalha para que a atleta seja proibida de continuar competindo na China.

O caso segue em investigação e o futuro da medalha de ouro será decidido pela Federação Internacional de Patinação, o que deve acontecer somente após o final da análise do caso de doping.