Notícias » Ciência

Pfizer anuncia que comprimido experimental contra Covid-19 reduz riscos de hospitalização e morte em 89%

Em comunicado, a farmacêutica divulgou dados preliminares sobre o tema

Penélope Coelho Publicado em 05/11/2021, às 10h52

Imagem meramente ilustrativa de remédio
Imagem meramente ilustrativa de remédio - Divulgação/Pixabay/jorono

Em comunicado divulgado para a imprensa nesta sexta-feira, 5, a empresa farmacêutica Pfizer anunciou resultados preliminares de um estudo realizado com o comprimido experimental contra a Covid-19 produzido por eles.

Segundo a Pfizer, os primeiros resultados são positivos, já que o estudo inicial concluiu que a pílula diminui em 89% os riscos de hospitalização e morte em decorrência do novo coronavírus.

Vale ressaltar que os dados ainda não foram analisados por outros cientistas e especialistas, e o estudo ainda não foi publicado em revista científica. As informações são do portal de notícias g1.

Chamado de ‘Paxlovid’ o comprimido é um antiviral que bloqueia uma enzima que o novo coronavírus precisa para conseguir se replicar. Os testes com a pílula foram realizados em 389 pacientes.

Para o medicamento ser aprovado para uso é necessário que ele passe por todas as condições designadas pela agência que regula esse setor. Em nota, a Pfizer afirmou que irá enviar os dados do estudo “o mais rápido possível” para a FDA, agência regulatória dos EUA.