Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Arte

Pintura de Picasso que mostra amante como criatura marinha é vendida por valor surpreendente

Evento da Sotheby's vendeu uma série de quadros de figuras da arte moderna nesta terça-feira, 17, em Nova York

Redação Publicado em 18/05/2022, às 14h38

“Femme nue Couchée” de Pablo Picasso - Getty Images
“Femme nue Couchée” de Pablo Picasso - Getty Images

Um leilão da Sotheby's que aconteceu na terça-feira, 17, em Nova York, nos Estados Unidos, vendeu uma série de quadros de gigantes da arte moderna, arrecadando um total de quase US$ 408 milhões.

Obras de artistas como Pablo Picasso, Claude Monet, Paul Cézanne, Paul Gauguin, René Magritte, Salvador Dalí e Pierre-Auguste Renoir estiveram disponíveis para compra no leilão.

Os destaques foram para as obras de Pablo Picasso e Claude Monet. Do primeiro, foi leiloado o quadro “Femme nue Couchée”, que arrecadou US$ 67,5 milhões, já do segundo, “Le Grand Canal et Santa Maria della Salute”, vendido a US$ 56,6 milhões.

A pintura de Picasso é uma representação de sua musa e amanteMarie-Thérèse Walter como uma criatura marinha. Mais seis obras do pintor foram leiloadas no evento, como reportou o jornal britânico The Guardian.

Já o quadro de Monet apresenta a Basílica de Santa Maria della Salute, situada nas proximidades da Punta della Dogana, em Veneza. Outra peça do artista, “Les Arceaux de Roses, Giverny”, também foi vendida a US$ 23,3 milhões.

Importância do leilão

“Os dois titãs da arte moderna — Pablo Picasso e Claude Monet — se enfrentaram esta noite como os porta-estandartes do mercado… momento de transformação que desempenharia um papel fundamental na definição de suas respectivas carreiras”, afirmou Brooke Lampley, presidente e chefe de vendas globais de belas artes da Sotheby's.

Para Helena Newman, chefe mundial de arte impressionista e moderna da Sotheby's, os valores totais arrecadados são “testamento da demanda duradoura por obras impressionistas e modernas clássicas de nossos colecionadores globais”.

“Vimos preços altos em todos os setores para obras de gigantes da arte moderna, de Monet e Cézanne a Modigliani, Matisse, Picasso, Giacometti e de Kooning — um testemunho da estatura contínua desse período artístico no mercado internacional”, acrescentou.