Notícias » Entretenimento

Através de foto, pesquisador identifica o primeiro beijo da televisão brasileira

Um beijão na boca foi trocado pelo locutor Carlos Frias e a atriz Aimée Lemos, no ano de 1950

Vanessa Centamori Publicado em 31/03/2020, às 11h13

Divulgação
Divulgação - Foto do primeiro beijo da história da televisão brasileira

A história da televisão brasileira ganhou uma reviravolta. Antes, acreditava-se que o primeiro beijo que ocorreu nas telinhas do Brasil foi dado entre a atriz Vida Alves e o ator Walter Foster, durante um capítulo da novela Sua Vida Me Pertence, lançada em 21 de dezembro de 1950. Entretanto, o pesquisador Fernando Morgado descobriu que essa não foi de fato a primeira bitoca trocada na história nacional da TV. 

Na verdade, o casal que mudou a história da televisão foi o locutor Carlos Frias, que tomou a atriz Aimée Lemos em seus braços e a selou com um beijo na boca. Os dois pombinhos eram casados e a demostração afetuosa ocorreu alguns meses antes do beijo de Vida Alves e Walter Foster.

Foto ilustrativa de pessoas vendo televisão antigamente / Crédito: Divulgação 

 

O registro do beijo mais antigo foi resgatado por Morgado, que é autor do livro Comunicadores S.A. e Silvio Santos - A Trajetória do Mito. A imagem do primeiro beijo televisivo do Brasil foi indicada por ele e publicada no Portal NaTelinha. Mas a foto foi registrada originalmente na página 63 da edição de 27 de maio de 1950, da histórica revista O Cruzeiro.

O veículo de imprensa era dos Diários Associados, grupo que fundou a TV Tupi, a primeira emissora nacional. Na legenda, a revista O Cruzeiro confirmava na época que se tratava "do primeiro beijo televisado no Brasil".

O episódio romântico foi dado um pouco antes da inauguração oficial da televisão brasileira, em 18 de setembro de 1950. Ainda assim, o momento teve como plano de fundo as primeiras transmissões que já estavam sendo feitas pela TV Tupi do Rio de Janeiro.

Na época, não havia cenas gravadas, somente todas feitas ao vivo (não existia videotape naquele período). "Graças à essa e outras fotos, podemos ver mais do que se produzia na fase pioneira da televisão", contou Morgado, ao site NaTelinha