Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Mundo

Saltador britânico morre após cair de altura de 29 andares na Tailândia

Nathy Odinson tinha 33 anos quando, durante um salto, teve problemas em seu paraquedas, o que culminou em uma fatalidade, na Tailândia

Éric Moreira Publicado em 29/01/2024, às 14h03 - Atualizado em 05/02/2024, às 07h04

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Fotografia de Nathy Odinson durante um salto - Reprodução/X/@haberetmedya
Fotografia de Nathy Odinson durante um salto - Reprodução/X/@haberetmedya

No último sábado, 27, um homem britânico de 33 anos faleceu após realizar um salto de paraquedas na Tailândia, depois que seu equipamento de segurança não abriu. Nathy Odinson era de Cambridgeshire, e nessa ocasião caiu fatalmente de uma altura de 29 andares.

O acidente aconteceu na cidade de Pattaya, na Tailândia, e o que Odinson tentava era realizar um salto de base jumping, modalidade o praticante salta de locais inusitados como penhascos, prédios e pontes. Na ocasião, ele conseguiu acesso ao telhado de um edifício de 29 andares para o salto.

+ Ex-enfermeira da Segunda Guerra salta de paraquedas no 100º aniversário: 'Não desejo repetir'

Juntamente a Nathy Odinson, havia também um amigo tailandês. Ele gravava o exato momento do salto e, por fim, da morte do paraquedista. Nas imagens, é possível observar o homem apontando para a câmera, equipado com um capacete que possui uma câmera acoplada, que inspeciona antes de pular.

Então, ele faz uma contagem regressiva e salta; no que ele bate em uma árvore, antes de atingir finalmente o chão. Outras imagens da cena mostram o que seria um paraquedas azul ao lado do corpo. Segundo Ed Harrison, irmão de Nathy Odinson, as imagens comprovam que "não havia chance" de o paraquedas ter sido ativado.

+ Há 10 anos, Felix Baumgartner realizava o maior salto de paraquedas da história

Investigações

Além de praticante de base jumping, Nathy Odinson era paraquedista e costumava compartilhar suas diversas façanhas, realizadas por todo o mundo, em suas redes sociais. 

Após o ocorrido, as autoridades locais confirmaram que o paraquedas do britânico não abriu, e também que o amigo tailandês foi interrogado pelos policiais, segundo o UOL.

O paraquedas que ele usou para pular deu problema e não abriu como esperado. Os policiais forenses estão investigando o caso mais detalhadamente e examinando o equipamento usado por Odinson", contou vice-inspetor de investigações da delegacia do distrito de Bang Lamung, Kamolporn Nadee, ao jornal tailandês The Nation.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!