Notícias Segunda Guerra

Tallboy: a primeira bomba-terremoto

Neste dia, em 1944, entrava em ação pela primeira vez a versão menor da poderosa bomba Grand Slam

sexta 29 junho, 2018
Bomba Tallboy logo após ser lançada por um bombardeiro Lancaster
Bomba Tallboy logo após ser lançada por um bombardeiro Lancaster Foto:Reprodução

Era noite quando, em 8 de junho de 1944, 19 bombardeiros Lancaster atacaram o túnel ferroviário da cidade de Saumur, na França, ocupada pelos nazistas. Eles estavam equipados com bombas Tallboy, as bombas-terremoto, que faziam sua estreia naquele dia. Elas viriam a destruir alvos alemães e ajudariam a consagrar a vitória dos Aliados.

O engenheiro britânico Barnes Wallis começou a desenvolver a Tallboy em 1941, com o objetivo de causar um “efeito terremoto”. A ideia era destruir estruturas fortificadas, resistentes às bombas convencionais, por meio do deslocamento do solo provocado pela explosão subterrânea.

Veja mais

Bomba Tallboy criava grandes crateras no solo Wikimedia Commons

Com 6,4 metros de comprimento, 97 centímetros de diâmetro e 5,4 mil quilos, a Tallboy era lançada da maior altitude possível, para que pudesse penetrar no solo. Depois de poucos segundos, explodia, criando crateras de 24 metros de profundidade na terra e de quatro metros de profundidade no concreto. A silhueta aerodinâmica facilitava a aceleração e a estrutura ultra-reforçada garantia que não fosse espatifada no impacto.

Após a estreia em Saumur, bombas Tallboy foram usadas com sucesso contra depósitos, fábricas, túneis e locais construídos para o lançamento de mísseis V-1 e V-2. Também destruíram bunkers alemães nos portos franceses de Le Havre, Boulogne e Brest.

Bomba tinha 6,4 metros de comprimento Reprodução

No Dia D, 6 de junho de 1944, canhões V-3, os mais poderosos de todos os tempos, foram destruídos por bombas Tallboy em Pas-de-Caais, na França. Eles seriam utilizados para bombardear Londres, mas foram inutilizados antes de fazer qualquer disparo. Outra vítima das Talllboy foi o encouraçado alemão Tirpitz, atingido e afundado por três bombas em 12 de novembro de 1944.

Em 1943, antes mesmo de a Tallboy entrar em ação pela primeira vez, Wallis decidiu construir uma bomba ainda mais poderosa. Era a Grand Slam, a maior bomba que o mundo já vira, com 8 metros de comprimento e 10 mil quilos. Testada em março de 1945, ela foi utilizada em conjunto com as Tallboy em alvos específicos, mas entrou tarde demais na guerra para ter importância estratégica.

Bunker alemão depois de ser atacado por uma Tallboy, em abril de 1945 Wikimedia Commons

A precursora Tallboy teve mais sucesso. Apesar do alto custo e da dificuldade de fabricação, foram utilizadas 854 unidades, que, mesmo quando causavam pouco estrago, ajudavam a abalar o moral dos inimigos – em 25 de Abril de 1945, seis Lancaster lançaram as últimas Tallboy, que bombardearam Berghof, a casa de férias de Hitler, próxima à cidade de Berchtesgaden.

Letícia Yazbek


Leia Mais:

Receba em Casa

Vídeos

Mais Lidas

  1. 1 Crianças que nasceram como resultado do horrível programa Há 82 anos, nazistas começavam seu repugnante programa de ...
  2. 2 Os quatro milênios da Babilônia
  3. 3 Uma tempestade chamada Pagu
  4. 4 Inquisição: A fé e fogo
  5. 5 Marginália: As alucinadas ilustrações dos livros medievais