Notícias » Polônia

Tesouro de imperador austro-húngaro que reinou em 1848 é encontrado na Polônia

Entre os achados estavam uma coroa de Torá prateada, uma xícara de prata, cinco castiçais e 18 crachás com as iniciais do imperador Franz Joseph

Gabriel Fagundes Publicado em 30/03/2020, às 09h00

O tesouro que foi descoberta nas escavações
O tesouro que foi descoberta nas escavações - Divulgação/Michał Wojenka

Foi achado uma reserva notável de objetos de rituais judaicos durante uma escavação arqueológica em uma sinagoga em Małopolska, na Polônia. No local havia 350 objetos, alguns dos quais remontam à Primeira Guerra Mundial.

Arqueólogos que estiveram envolvidos na escavação da antiga sinagoga de Wieliczka estavam fazendo um buraco de teste quando avistaram um fragmento de madeira em decomposição. Eles então o removeram, tiraram as várias camadas do solo para revelar o tal achado, que seria uma caixa de madeira, com 80 cm de altura e 130 cm de comprimento.

Ao abrirem, eles encontraram um tesouro, incluindo uma coroa de Torá prateada, um yad (ponteiro de leitura), uma xícara de prata e cinco castiçais. Além de fragmentos de castiçais de latão e alguns rimonim — que são objetos que decoram o topo das alças dos rolos da Torá. A caixa também continha 18 crachás com as iniciais do imperador austro-húngaro Franz Joseph, que reinou de 1848 até sua morte em 1916.

Beverley Nenk , curadora de coleções medievais e judaicas no Museu Britânico, disse que "se houver inscrições legíveis nas moedas, eles poderão fornecer informações sobre datas e indivíduos da comunidade, pois os escudos, yads e rimonims da Torá costumam ser inscritos com os nomes dos doadores". Além de esperar "que mais trabalhos sobre essa incrível descoberta forneçam informações sobre a história e a vida da comunidade judaica perdida em Wieliczka".

Michał Wojenka, do Instituto Arqueológico da Universidade Jagiellonian, que supervisionou as escavações, relata que: "Este é um trabalho muito preliminar na sinagoga de Wieliczka e ainda há muito a ser feito, incluindo a conservação dos edifícios e a análise dos achados". 


+Saiba mais sobre o tema por meio de grande obras disponíveis na Amazon:

Arqueologia, de Pedro Paulo Funari (2003) - https://amzn.to/36N44tI

Uma breve história da arqueologia, de Brian Fagan (2019) - https://amzn.to/2GHGaWg

Descobrindo a arqueologia: o que os mortos podem nos contar sobre a vida?, de Alecsandra Fernandes (2014) - https://amzn.to/36QkWjD

Manual de Arqueologia Pré-histórica, de Nuno Ferreira Bicho (2011) - https://amzn.to/2S58oPL

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/3b6Kk7du