Matérias » Personagem

Jesse James: O bizarro funeral do polêmico cowboy do Velho Oeste

A notoriedade de um dos maiores cowboys do Oeste americano transformou seu velório em uma ocasião tragicômica

Wallacy Ferrari Publicado em 05/06/2020, às 11h00

Jesse James em uma de suas raras imagens
Jesse James em uma de suas raras imagens - Domínio Público

O criminoso Jesse James, famoso por seus roubos e assassinatos no Velho Oeste, chegou a ser uma personalidade notável nos Estados Unidos, inclusive positivamente. Em 3 de abril de 1882, seu companheiro de gangue Robert Ford, sem qualquer remorso, foi até sua casa e o matou com um tiro na nuca, buscando a recompensa de 100 mil dólares oferecida pela Polícia.

Seu óbito, entretanto, não poderia ser menos polêmico que sua figura: Jesse teve o corpo repousado em um caixão, confeccionado em vime e com um vidro para observar seu rosto, coberto de gelo sobre seu corpo.

O processo de embalsamamento não era comum na comunidade americana e também não havia o hábito de manter o corpo conservado para velórios longos, mas houve uma exceção ao criminoso.

O cadáver de Jesse James / Crédito: Domínio Público

 

Após a descoberta de que Jesse estava sendo velado na casa onde foi morto, uma multidão de curiosos invadiram a residência para ver o corpo, atrasando o traslado do corpo para o enterro, que partiria de St. Joseph para Kearney.

Robert Ford se manteve presente na casa até a chegada das autoridades, esperando receber a quantia anunciada como recompensa. Posteriormente, condenado a forca, porém, foi perdoado pelo governador de Missouri Thomas Theodore Crittenden.

Crédito: Domínio Público 

 

Junto com o irmão, Ford recebeu parte da quantia e saiu em turnê pelos Estados Unidos encenando uma peça teatral reproduzindo a morte de Jesse James. Já a noiva de Jesse, Zerelda, aproveitou a ocasião para gerar renda e sustentar os filhos do casal, cobrando ingressos para a entrada na casa, que continham 50 buracos de bala nas paredes. Os ingressos custavam 10 centavos e renderam US$ 1.500 para ela.


+Saiba mais sobre o Velho Oeste por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

O estranho oeste de Kane Blackmoon, de Duda Falcão (2019) - https://amzn.to/2XS4z58

Areia nos dentes, de Antônio Xerxenesky (2010) - https://amzn.to/3awa7ES

Assassinos da Lua das Flores, de David Grann (2018) - https://amzn.to/2RYMgYc

Oeste, de Carys Davies (2018) - https://amzn.to/2yyBS2r

Coleção Green Blood, de Masasumi Kakizaki (2016) - https://amzn.to/2VuF4Fy

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W