Vitrine » Literatura

De Cora Coralina a Clarice Lispector: 5 grandes nomes femininos da Literatura brasileira

Empoderadas, esquecidas e censuradas, conheça as emocionantes histórias das maiores escritoras do país

Victória Gearini Publicado em 19/02/2020, às 20h00

Cora Coralina e Clarice Lispector, respectivamente
Cora Coralina e Clarice Lispector, respectivamente - Creative Commons

1. Cora Coralina

Cora Coralina / Crédito: Wikimedia Commons

 

Anna Lins dos Guimarães Peixoto Bretas, mais conhecida pelo pseudônimo Cora Coralina, é considerada uma das maiores poetisas e contistas da Literatura brasileira. Embora escrevesse desde a infância, teve seu primeiro livro publicado apenas em 1965, aos 76 anos de idade. Simples e humilde, Cora Coralina produziu uma das obras poéticas mais ricas do século 20, retratando o cotidiano do interior de Goiás, principalmente os becos e ruas históricas da cidade. 

2. Cecília Meireles 

Cecília Meireles / Crédito: Wikimedia Commons

 

Jornalista, pintora, poeta, escritora e professora, Cecília Meireles foi um dos maiores nomes do modernismo brasileiro, conhecida pelo vanguardismo nacionalista. Com temas neossimbolistas sobre o tempo efêmero e a vida contemplativa, Cecília Meireles combatia a  discriminação de gênero. Na área da educação, a professora promoveu reformas educacionais e participou de projetos de bibliotecas infantis.

3. Maria Firmina Dos Reis

Maria Firmina Dos Reis / Crédito: Divulgação

 

Considerada a primeira romancista brasileira, Maria Firmina Dos Reis foi uma importante escritora negra. Além da escrita, era engajada na produção musical e produzia reportagens para a imprensa local, com conteúdos de viés político. Politizada, foi responsável por escrever um Hino à Abolição, em prol do movimento pela abolição da escravatura.

4. Cassandra Rios

Cassandra Rios / Crédito: Vânia Toledo 

 

Sob o pseudônimo de Odette Pérez Ríos, Cassandra Rios foi duramente perseguida durante a ditadura militar brasileira, sendo considerada pela oposição como “a escritora maldita”. Tal apelido se dá pelo fato de ser a autora mais censurada da História, contabilizando mais de 36 obras barradas. Assumidamente homossexual, Cassandra Rios escrevia, principalmente, sobre feminismo, homossexualidade feminina e erotismo, sendo a primeira a abordar estes temas. 

5. Clarice Lispector

Clarice Lispector / Crédito: Wikimedia Commons

 

Clarice Lispector foi uma escritora e jornalista ucraniana naturalizada brasileira. Nascida em uma família judia russa, perdeu todas as suas rendas em decorrência da Guerra Civil Russa, e encontrou refúgio no Brasil em 1922. Considerada uma das escritoras brasileiras mais influentes do século 20, suas obras apresentam, principalmente, cenas cotidianas e tramas psicológicas. 


+Saiba mais sobre o tema por meio de grandes obras:

1. Melhores Poemas: Cora Coralina, de Cora Coralina (2017) - https://amzn.to/37K5QfR

2. Poesia Completa, de Cecília Meireles (2017) - https://amzn.to/2wtnDe9

3. Úrsula, de Maria Firmina Dos Reis (2018) - https://amzn.to/2v1PmSY

4. Crime de Honra, de Cassandra Rios (2005) - https://amzn.to/37M6Aks

5. Todos os contos, de Clarice Lispector (2016) - https://amzn.to/2PaiYEA

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.