Vitrine » Personagem

Mogli da vida real: a curiosa história de Madina, a menina criada por cães

O caso inusitado aconteceu na Rússia, após a criança de três anos sofrer maus tratos

Victória Gearini Publicado em 21/07/2020, às 21h01

Imagem meramente ilustrativa
Imagem meramente ilustrativa - Divulgação / Pixabay

Considerado um dos maiores clássicos da literatura e cinematografia, a lenda de Mogli, o menino que teria sido criado por lobos no meio da selva, surgiu pela primeira vez na obra O Livro da Selva, de Rudyard Kipling, em 1894. No entanto, este personagem não permeia somente o campo das artes, mas também está atrelado a um distúrbio real.

Embora pouco recorrente, Síndrome do Mogli é diagnosticada em algumas crianças que não são socializadas adequadamente e são incapazes de interagir com indivíduos da mesma espécie. Tal fato pode ser percebido no caso de Madina, uma menina russa que foi criada por cães após sofrer maus tratos de sua própria mãe.

O caso Madina

Nos seus primeiros anos de vida, a pequena russa Madina teria sido criada por cães, assim como o personagem Mogli. Após receberem uma denúncia, assistentes sociais compareceram na residência da mãe de Madina, onde encontraram a criança roendo ossos com os animais. Segundo as autoridades, a mãe da garota era dependente alcoólica e incapaz de cuidar da própria filha.

Logo quando nasceu, Madina foi abandonada pelo próprio pai e criada sozinha pela mãe. Em entrevista ao portal The Telegraph, em 2009, as autoridades disseram que a garota mal sabia pronunciar uma única palavra, e que os cães cuidaram dela em diversos momentos.

Com menos de três anos de idade na época, Madina foi privada de amor e carinho fraternal, encontrando proteção nos cães da família. A criança não foi educada, ainda, para se alimentar na mesa ao lado da mãe, e tinha o hábito de comer no chão junto de seus protetores de quatro patas. "Os cães se tornaram seus melhores amigos. Ela brincou e dormiu com eles quando fazia frio no inverno", disse o porta-voz em entrevista ao The Telegraph, em 2009.

Recuperação

Sob os cuidados da autoridades de Ufa, na Rússia central, Madina recuperou-se da educação incomum. Na época em que a polícia resgatou a criança, a mãe teria alegado que cuidava da filha. No entanto, os médicos comprovaram o oposto. A boa notícia é que, embora seu vocabulário fosse limitado à palavras como "sim" e "não", os exames alegaram que a criança possuía uma saúde mental e física saudável, mesmo vivendo em circunstâncias incomuns.


+Saiba mais sobre o tema por meio de grandes obras disponíveis na Amazon: 

Mogli: O menino lobo, de Rudyard Kipling (2016) - https://amzn.to/3fRZDDi

Os livros da selva, de Rudyard Kipling (2015) - https://amzn.to/2WHAkw6

Mogli, o menino lobo : Toque e sinta contos de fada, de Yoyo Books (2018) - https://amzn.to/30xded0

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W