Curiosidades » Personagem

A misteriosa morte de Cleópatra, a última rainha do Egito

O óbito da poderosa faraó foi realmente causado pela picada de um cobra ou a realidade é bem menos fantasiosa?

Caio Tortamano Publicado em 29/03/2020, às 07h00 - Atualizado em 28/05/2021, às 10h00

Pintura 'A morte de Cleópatra', Juan Luna (1881)
Pintura 'A morte de Cleópatra', Juan Luna (1881) - Wikimedia Commons/Juan Luna

Marco Antônio teria desafiado o imperador Otaviano pela última vez, depois de ter se separado de sua irmã com o incentivo de Cleópatra, o general romano apoiava as investidas da egípcia sobre o território do império, especialmente após as Doações de Alexandria, quando Antônio transferiu as terras para os filhos que tinha com Cleópatra, Otaviano iria matar os dois.

As forças romanas entraram no Egito em 30 a.C., depois de uma série de negociações terem dado errado, especialmente porque boa parte das tropas desertaram o lado egípcio da guerra e se juntaram a Otaviano.

O casal, juntamente com seus filhos, ficava cada vez mais acuado pelas tropas do que viria a ser o primeiro imperador romano. Cleópatra foi com seus assistentes mais próximos para uma tumba, e pediu para avisarem a Antônio que ela se mataria. A mensagem chegou ao romano, que, desesperado, pediu que seu servo, Eros, o matasse.

Ao invés de fincar a espada em Antônio, Eros — provavelmente com medo de morrer — se suicidou antes que pudesse cumprir as ordens de seu superior. Depois disso, Marco Antônio ficou desnorteado e, sem saber o que fazer, fincou uma espada em seu estômago, morrendo aos 53 anos de idade.

Um aliado de Antônio, Caio Proculeio, impediu que a rainha se matasse, e Cleópatra pôde embalsamar o corpo de seu querido marido, mas depois foi levada para o palácio, já que Otaviano estava com três de seus filhos. O romano tinha a intenção de levar a egípcia de volta para Roma como um troféu pela conquista.

Cleópatra e Marco Antônio no filme Cleópatra, de 1963 / Crédito: Getty Images

 

Ao saber disso, a figura mais icônica da história do Egito não se conteve e se matou, em segredo de Proculeio — a quem tinha sido incumbido de preservar a vida. Juntamente com seu corpo, ela enviou uma mensagem para Caio, explicitando que queria ser enterrada ao lado de Marco Antônio.

Entretanto, não se sabe exatamente como Cleópatra teria se matado. As versões mais poéticas afirmam que ela teria se deixado ser mordida por uma cobra venenosa, que fora criada para corroborar com a imagem sagrada que as cobras tinham no Egito Antigo. Logicamente, então, uma figura tão ilustre como a rainha teria que morrer por meio do veneno de um réptil.

O mais provável, entretanto, é que ela tenha administrado um veneno. De acordo com a pesquisa do historiador Christoph Schäfer, da Universidade de Trier, concluiu que ela mesma preparou seu coquetel: "Considerando os sintomas, foi uma mistura de acônito, uma planta tóxica, cicuta e ópio."

A partir de uma agulha, ou mesmo de um grampo para o cabelo, ela teria aberto uma ferida em seu braço. Assim, ela teria colocado o veneno direto em sua circulação sanguínea e morrendo mais rápido.

Por mais que tenham sido enterrados juntos, o local do mausoléu de Marco Antônio e Cleópatra é desconhecido, com o Conselho Supremo de Antiguidades acreditando estar dentro de um templo de Taposíris Magna, ao sudoeste de Alexandria (Egito).

Templo de Osíris em Taposiris Magna, no Egito / Crédito: Wikimedia Commons

 

Duas arqueólogas encontraram câmaras funerárias que poderiam ter pertencido a Cleópatra, já que lá continham 40 moedas com o rosto dos dois, e um busto representando a rainha egípcia. Por mais que as evidências sejam boas, nunca foi confirmado o local de enterro dela.


+Saiba mais sobre a última faraó do Egito através de importantes obras

Antônio e Cleópatra: A história dos amantes mais famosos da Antiguidade, Adrian Goldsworthy, 2018 - https://amzn.to/2Bi2zqc

As memórias de Cleópatra: A filha de Ísis, Margaret George, 2002 - https://amzn.to/2Mi3xcl

Cleópatra: A rainha do Egito, Clint Twist, 2013 - https://amzn.to/2OUIoqq

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/3b6Kk7du