Curiosidades » Entretenimento

Philip se recusou a ajoelhar diante de Elizabeth II?

Companheiro de Elizabeth II faleceu nesta sexa-feira, 9, aos 99 anos

Redação Publicado em 09/04/2021, às 18h41

Cena da coroação de Elizabeth II em The Crown
Cena da coroação de Elizabeth II em The Crown - Divulgação/Netflix

O dia 9 de abril de 2020 seria marcado na família real apenas pelos 16 anos do casamento do Príncipe Charles com Camilla, a Duquesa de Cornualha, contudo, a família real revelou através das redes sociais que o Príncipe Philip faleceu aos 99 anos, sem as causas da morte oficializadas até o momento.

"É com profunda tristeza que Sua Majestade, a Rainha anunciou a morte de seu amado marido, Sua Alteza Real, o Príncipe Philip, Duque de Edimburgo. Sua Alteza Real faleceu pacificamente esta manhã no Castelo de Windsor", anunciou a conta oficial da Família Real através das redes sociais.

Com a morte do marido da Rainha, muitas histórias e dúvidas que rodeiam os longos anos de vida de Philip foram repercutidas na internet.

Uma dessas dúvidas se refere a um momento específico apresentado na primeira temporada série The Crown, que reproduz não só a vida política, mas também pessoal da rainha Elizabeth II.

No streaming

Isso porque no momento da coroação da jovem Lilibet, Philip teria que se ajoelhar aos pés da Rainha e jurar honrá-la o obedecê-la. Na série, ele demonstra total desinteresse, mas será que foi assim na realidade?

Bom, é improvável que o Duque de Edimburgo tenha recusado realizar o ato. Vale lembrar que, além de ser algo já estabelecido nas tradições da realeza, Philip também já havia englobado uma família real antes de conhecer Elizabeth.

Para responder a dúvida, a Marie Claire Internacional conversou com Christopher Wilson, especialista na família de Elizabeth II. “Duvido que o Príncipe Phillip alguma vez tenha falado essas palavras com sua esposa porque ele veio de uma casa real que havia tomado emprestado muito de seu ritual e protocolo da Família Real Britânica. Ele sabia muito bem o que se esperava dele em público, e estava preparado para concordar com isso”, disse Wilson ao veículo.

Ficção e realidade se misturam

Além disso, vale destacar que embora baseada na vida da monarca, a série original da Netflix já encontrou problemas com o Reino Unido diante da ficção apresentada nos episódios.

No ano passado, Oliver Downden, que é ministro da cultura britânico, pediu à plataforma de streaming que inserisse um aviso no início de todos os episódios.

Downden disse que deveria ser informado aos telespectadores que se trata de 'uma maravilhosa obra de ficção'. Em entrevista ao Mail on Sunday, ele declarou: "Sem isso, temo que uma geração de espectadores que não viveu estes eventos podem confundir a ficção com a realidade".

Confira o vídeo que apresenta a verdadeira coroação de Elizabeth II.