Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Desventuras / Cinema

A 'maldição' do filme que vitimou 4 protagonistas e nunca saiu do papel

Filme vitimou quatro comediantes, no auge de suas carreiras, que tiveram seus nomes ligados a produção; entenda!

Fabio Previdelli

por Fabio Previdelli

fprevidelli_colab@caras.com.br

Publicado em 16/05/2024, às 19h00 - Atualizado em 20/05/2024, às 14h25

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
John Belushi, Sam Kinison, John Candy e Chris Farley - Reprodução e IMDB
John Belushi, Sam Kinison, John Candy e Chris Farley - Reprodução e IMDB

Em 1963, o escritor canadense Mordecai Richler publicou o livro 'The Incomparable Atuk', que conta a história de um jovem inuit (antes chamado de esquimó) que deixa seu povo e se muda para Toronto. O romance é uma sátira as elites culturais do Canadá da época. 

Na década de 1970, Richler havia feito sucesso com o roteiro de dois filmes: o primeiro, 'O Grande Vigarista', o fez ser indicado ao Oscar em 1975; o segundo, 'Adivinhe Quem vem para Roubar' (1977), fez tanto sucesso que acabou sendo refilmado em 2005, mas com outro título: 'As Loucuras de Dick & Jane'; estrelado por Jim Carrey

Com isso, não é à toa que Mordecai pensou em adaptar 'O Incomparável Atuk' para as telonas. E o projeto só não saiu do papel por um motivo: uma 'maldição' vitimou quatro comediantes, no auge de suas carreiras, que tiveram seus nomes ligados à produção. 

+ A Maldição de 'Arnold': O que aconteceu com o elenco do seriado?

As primeiras mortes

Como explica matéria do g1, um roteiro baseado na obra de Mordecai chegou a ser escrito nos anos 1970 por Tod Carroll — gênio redator por trás da National Lampoon, prestigiada revista humorística, e um dos grandes nomes do típico 'besteirol americano'. 

O texto acabou caindo nas mãos do ator e comediante John Belushi, integrante da primeira formação do célebre Saturday Night Live. Ele também atuou em filmes clássicos como 'Clube dos Cafajestes' (1978), 'Os Irmãos Cara-de-Pau' (1980) e 'Estranhos Vizinhos' (1981). 

Belushi chegou a ser anunciado como o protagonista do filme, para viver Atuk, nas gravações que começariam em 1982. Mas, em março daquele ano, John morreu, aos 33 anos, devido a uma overdose enquanto estava hospedado no hotel Chateau Marmont, em Los Angeles.

John Belushi em 'Os Irmãos Cara-de-Pau' e Sam Kinison - Reprodução e IMDB

Sete anos depois, em 1988, Sam Kinison se interessou pelo papel. Comediante em ascensão vindo do stand-up, Sam participou de alguns dias de filmagens, mas discussões de bastidores o afastaram do papel. 

O comediante não concordava com as adaptações de roteiro e das "diferenças criativas" que o filme estava tomando. Embora tenha deixado o papel, não escapou da maldição: faleceu após um acidente de carro em 1992

Novas vítimas da maldição

Nos anos 1990, outras duas vítimas da maldição. Em 1992, o projeto já tinha esse estigma, mesmo assim, John Candy se encantou com a ideia, chegando a ser sondado para viver Atuk em uma nova adaptação da trama, 

Conhecido por seus papéis em clássicos da comédia como 'Antes Só do que Mal Acompanhado' (1987), ao lado de Steve Martin, e pelo sucesso em 'Quem Vê Cara Não Vê Coração' (1987), Candy parecia a escolha ideal, ainda mais pelo fato de ser canadense, assim como Atuk. 

Em 4 de março de 1994, porém, John Candy teve um ataque cardíaco fulminante enquanto participava das gravações de 'Dois Contra o Oeste' em Durango, no México. O comediante partiu aos 43 anos, sendo 'Jamaica Abaixo de Zero' (1993) sua última participação nas telonas. 

John Candy em 'Antes Só do que Mal Acompanhado' e Chris Farley em 'Um Ninja da Pesada' - Reprodução

Enfim, chegamos a Chris Farley. Assim como Belushi, o ator e comediante também surgiu em 'Saturday Night Live'. Ele ainda fez sucesso em produções de comédia como 'Mong & Lóide' (1995) e 'Um Ninja da Pesada' (1997).

Após seu último filme, ele se aproximou dos produtores que queriam reviver 'The Incomparable Atuk'. Farley acreditava que o longa poderia levar sua carreira para um campo mais 'sério', mas ele morreu de overdose em dezembro daquele ano, aos 33 anos

Em 1999, o roteirista Tod Carrol falou com o jornal Los Angeles Times sobre a maldição por trás da produção, algo que ele não se importou muito: "Não sou uma pessoa supersticiosa e isso não tem significado para mim. Com o ator e o tom certos, pode ser um bom filme". 

Apesar da fala, após a morte de Farley, nunca mais se falou sobre a possibilidade da adaptação de 'The Incomparable Atuk'.