Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Brasil

1ª Conferência de Direitos Humanos para Refugiados e Migrantes LGBTI contará com importantes nomes

Evento é promovido Casarão Brasil - Associação LGBTI e acontece no dia 17 de março, online, transmitido pela internet

Redação Publicado em 15/02/2022, às 11h34

Imagem promocional do evento - Divulgação/Conferência de Direitos Humanos para Refugiados e Migrantes LGBTI
Imagem promocional do evento - Divulgação/Conferência de Direitos Humanos para Refugiados e Migrantes LGBTI

A Secretária Municipal de São Paulo de Relações Internacionais, Marta Suplicy, e a Consulesa-Geral dos Países Baixos em São Paulo, Henriette Bersee, estão confirmadas na programação da 1ª Conferência de Direitos Humanos para Refugiados e Migrantes LGBTI, promovida pelo Casarão Brasil - Associação LGBTI.

O evento online terá como tema “Políticas Públicas de Atendimento” e acontece no dia 17 de março, das 15h às 17h, transmitido pela plataforma Google Meets, em razão da continuidade da pandemia da Covid-19. A conferência será aberta a todos os interessados. 

O encontro virtual terá participação de representantes de diferentes países para debater cidadania e inclusão de refugiados e migrantes LGBTI, em palestras com 10 minutos de duração.

Os eixos temáticos das palestras serão Promoção e Garantia de Acesso a Direitos Sociais e Serviços Públicos; Promoção do Trabalho Decente; Inclusão Social e Reconhecimento Cultural; Legislação Federal e Política Nacional para as Migrações e Refúgio; e Atendimento de demandas específicas da População LGBTI. 

A programação completa do evento será divulgada nas próximas semanas. O Casarão Brasil - Associação LGBTI é uma organização social sem fins lucrativos, fundada em 2008 para inovar as atuações política e social em favor da cidadania de lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e intersexual (LGBTI). 

A instituição oferece uma variedade de serviços para a comunidade arco-íris e realiza eventos em diversas áreas, como assistência social, saúde, educação e trabalhos voltados para o fortalecimento e autoestima dessa população. Também promove campanhas desenvolvidas para os homossexuais e a sociedade em geral.