Notícias » Naufrágio

77 anos de mistério: pesquisadores acreditam ter encontrado embarcação desaparecida da Segunda Guerra

Cientistas se depararam com os destroços da embarcação que estava desaparecida há décadas

Paola Churchill Publicado em 08/05/2020, às 11h52

Foto da embarcação que estava desaparecida por mais de 77 anos
Foto da embarcação que estava desaparecida por mais de 77 anos - Divulgação

Cientistas marinhos da Universidade de Bangor, no norte de Gales, desvendaram um mistério de mais de 77 anos. Isso porque eles se depararam com um naufrágio a mais de 160 quilômetros ao sul da Ilha de Bardsey, na península de Llyn.

Os destroços pertenciam à antiga embarcação LCT 326, que era muito utilizada para descarregar tanques nas praias de Normandia durante ataques terrestres. A antiga embarcação havia sumido sem deixar vestígios em fevereiro de 1943.

Os restos foram localizados a 40 quilômetros de onde o LCT 326 foi avistado pela última vez e as dimensões são bem semelhantes ao modelo do tanque. Embora a causa do sumiço ainda seja um mistério, as evidências sugerem que a embarcação foi alvo de um ataque que resultou no naufrágio.

Imagem sonares do naufrágio do tanque de embarcação/Crédito: Divulgação/Universidade de Bangor

 

 

Essas embarcações altamente especializadas foram construídas em grande número nos últimos anos da Segunda Guerra Mundial e foram amplamente utilizadas durante operações, como o notório Dia D, em junho de 1944.

De acordo, com Innes McCartney, um dos pesquisadores envolvidos na descoberta, além de terem encontrado os destroços, a pesquisa tem como objetivo identificar o maior número possível de restos de guerra que estão nas águas galesas.

"Esse projeto resultou em muitas descobertas novas e empolgantes relacionadas às duas guerras mundiais, das quais o LCT 326 é apenas um exemplo” afirmou o pesquisador.

A pesquisa é financiada pela Leverhulme Trust que tem como objetivo montar uma exposição em 2021 a “Ecos do fundo: Reflexões modernas sobre o passado marítimo”.