Notícias » Europa

Alemanha: Dependências de hospital são invadidas por negacionistas

Ato aconteceu no último sábado, 29, e não foi anunciado para autoridades

Paola Orlovas, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 31/01/2022, às 15h08

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Getty Images

Um ato não anunciado com cerca de 50 pessoas ocorreu na cidade de Leipzig, no leste da Alemanha, durante o último sábado, 29. Os manifestantes presentes invadiram as dependências do Hospital Universitário do município, logo em frente à ala psiquiátrica.

A Deutsche Welle informa que membros conhecidos de grupos extremistas de direita apareceram no evento e estavam entre aqueles que participaram da manifestação. A polícia local não foi avisada sobre o protesto. 

O ato teria começado de forma pacífica, mas regras de distanciamento não foram respeitadas e um líder para conversar com a polícia não foi nomeado, o que fez com que as autoridades precisassem interromper a manifestação. Com isso, um grupo de protestantes invadiu o terreno do hospital, mas foram rapidamente contidos. 

A imprensa local apontou que parte dos manifestantes que invadiram as dependências do hospital buscavam cortar caminho e chegar até onde queriam ir com o protesto, devido ao bloqueio estabelecido pela polícia. As autoridades abriram uma investigação para apurar crimes como danos à propriedade, invasão, insultos e resistência aos agentes.