Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Marcelinho Carioca

Amiga sequestrada nega relacionamento com Marcelinho Carioca e diz ter sido ameaçada

Tais Alcântara de Oliveira afirmou que foi obrigada a gravar vídeo sobre traição após criminosos receberem áudio dizendo para fazer vídeo fake

Redação Publicado em 20/12/2023, às 07h50

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Marcelinho e Tais sequestrados - Divulgação/Instagram
Marcelinho e Tais sequestrados - Divulgação/Instagram

Tais Alcântara de Oliveira, a mulher que foi vítima de sequestro junto com Marcelinho Carioca, revelou que foi coagida a gravar um vídeo ao lado do ex-jogador de futebol, e apontar o ex-marido, Márcio Moreira, como o mandante do crime (veja o vídeo acima).

Tais, que é funcionária da Secretaria de Esportes de Itaquaquecetuba, na Grande São Paulo, onde Marcelinho atuou como secretário até janeiro deste ano, descreveu o terrível episódio em que foram sequestrados no domingo, 17, e resgatados pela Polícia Militar na segunda-feira, 18, após uma denúncia anônima indicando a residência, em Itaquaquecetuba, utilizada pelos criminosos.

Ela esclareceu: "Não tenho nenhum relacionamento com Marcelinho. Nunca tive. Nossa relação é de amizade mesmo. Estou separada de Márcio. A gente mora em casas separadas, não estamos convivendo, apesar de que ainda não saiu o divórcio. A gente continua ainda casados no papel."

Traição

Ao portal f1, Tais compartilhou os momentos angustiantes que passou sob a ameaça dos criminosos. Os sequestradores obrigaram ambos a gravarem um vídeo, de acordo com o relato da vítima. No vídeo, Marcelinho declara que a conheceu em uma festa e menciona que ela seria uma mulher casada. Ele sugere que o marido dela teria descoberto a suposta traição.

"O helicóptero começou a sobrevoar e eles começaram a se desesperar e falando que 'moio para eles', que a casa caiu. Receberam um áudio de uma pessoa falando que era para fazer um vídeo fake, porque se a casa deles caiu, que a nossa tinha que cair também. Então, que era para inventar uma história do marido que sequestrou, que saiu com mulher casada. Uma pessoa ficou atrás segurando a coberta e outra ficou apontando a arma", declarou.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!