Notícias » Personagem

Após divórcio, Kelly Clarkson terá que pagar cerca de R$1 milhão por mês para ex-marido

Artista foi casada com o empresário Brandon Blackstock entre 2013 e 2020. Entenda!

Fabio Previdelli Publicado em 28/07/2021, às 17h11

A cantora Kelly Clarkson
A cantora Kelly Clarkson - Getty Images

Em outubro de 2013, a cantora norte-americana Kelly Clarkson se casou com o empresário Brandon Blackstock. A relação gerou dois frutos: River Rose, de 7 anos; e o caçula Remington Alexander, de 5.  

Porém, a união dos dois acabou quase 7 anos depois, em outubro de 2020, por “diferenças irreconciliáveis”, conforme os dois apontaram. Agora, segundo informações da Fox News, a cantora e técnica do “The Voice USA” terá que desembolsar uma fortuna todo mês para contas do ex-marido. 

Afinal, de acordo com o periódico inglês, a Justiça dos Estados Unidos condenou Clarkson a pagar todos os meses o valor de 200 mil dólares, o que equivalente a pouco mais de 1 milhão de reais, referente a pensão alimentícia.  

A decisão foi dada pela corte de Los Angeles na última terça-feira, 27. Segundo explica matéria do F5, da Folha de S. Paulo, a legislação da Califórnia determina que o cônjuge com a maior renda deve pagar ao outro uma determinada quantia durante metade do tempo em que ficaram juntos — nesse caso a pensão duraria 3 anos e meio. 

Como explica o portal Blast, a intérprete fatura cerca de 8 milhões de reais por mês. Além do valor mensal, ela ainda terá que arcar com os custos dos advogados de Blackstock — o que deve acrescer mais 6 milhões de reais.  

Segundo os documentos do processo, Brandon teve que mudar de vida completamente por conta do divórcio e se tornou um fazendeiro em tempo integral.