Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Ucrânia

Após invasão russa, Ucrânia confirma pelo menos sete mortes e 19 feridos

Na manhã desta quinta-feira, 24, Putin ordenou uma ação militar no leste ucraniano

Penélope Coelho Publicado em 24/02/2022, às 07h30

Explosão no leste ucraniano - Divulgação/Youtube/ABC News
Explosão no leste ucraniano - Divulgação/Youtube/ABC News

De acordo com informações publicadas pela imprensa internacional na manhã desta quinta-feira, 24, a Ucrânia afirma já ter registrado pelo menos sete mortes, após o avanço das tropas russas no país.

Nesta madrugada, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, autorizou o que definiu como o início de uma "operação militar especial" em solo ucraniano. A Ucrânia, por sua vez, define a ação como uma ‘invasão total’.

Segundo informações publicadas pelo portal de notícias UOL, seis mortes foram registradas na região de Podolsk. Além disso, sete pessoas estariam feridas e 19 desaparecidas.

Em Mariupol, localizada na região de Donetsk, a Polícia Nacional confirmou uma morte e dois feridos, após um bombardeio. De acordo com a reportagem, pelo menos três das vítimas fatais eram soldados ucranianos, que cobriam a fronteira com a Rússia.

Até o momento, a Rússia tem mais de 150 mil soldados, tanques e mísseis posicionados por toda a fronteira com a Ucrânia.

Os conflitos tiveram início após os russos não aceitarem uma possível adesão dos ucranianos a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), uma aliança militar comandada pelos EUA, organizada inicialmente para fazer frente à antiga União Soviética.