Notícias » Arqueologia

Arqueólogos descobrem ruínas de portal de antiga cidade construída por Ciro, o Grande

O majestoso portão tinha por volta de 12 metros de altura e guardava uma das capitais do Império Aquemênida

Isabela Barreiros, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 11/02/2021, às 07h00

Ruínas do portal de Persépolis
Ruínas do portal de Persépolis - Divulgação/CHTN

Durante escavações realizadas perto da antiga cidade de Persépolis, localizada no atual sul do Irã, pesquisadores descobriram ruínas do majestoso portal que ficava na entrada da capital do Império Aquemênida, que reinou entre 550 e 330 a.C. 

O portão tinha por volta de 40 metros de comprimento e 12 de altura, feito de tijolo e argila. Do lado de fora, a parede era decorada por tijolos pintados e na parte inferior apresentava artes relacionadas a flores de lótus, animais míticos e símbolos religiosos e culturais da época.

O local foi construído durante o governo de Ciro, o Grande, fundador do Império Aquemênida que reinou entre 559 e 530 a.C. O arqueólogo iraniano Alireza Askari-Charoudi, da Universidade de Shiraz, que liderou o projeto, explicou essa datação: 

"A soma de documentos escritos, materiais de construção, motivos usados ​​para decorar a fachada do edifício, o método de datação por carbono 14 (C-14) e algumas outras evidências revelam que essa estrutura foi construída depois de 539 a.C. em homenagem à conquista da Babilônia por Ciro, o Grande”, afirmou.

"O prédio tinha um corredor no centro, que tinha a forma de uma sala retangular de oito por doze metros, e dentro dessa sala central, havia quatro cadeiras de estar”, disse. “E o corredor central abria em ambos os lados para o campus aquemênida”.

O sítio arqueológico que guarda as ruínas de Persépolis é considerado um dos mais importantes de todo o mundo. As representações artísticas, a arquitetura e o planejamento urbano da antiga cidade continuam sendo únicos.