Notícias » África do Sul

Arqueólogos encontram caverna mais antiga a servir de lar para hominídeos, na África do Sul

De acordo com especialistas, o local foi ocupado há 1,8 milhão de anos. Confira!

Penélope Coelho Publicado em 28/04/2021, às 09h44

Entrada da caverna, na África do Sul
Entrada da caverna, na África do Sul - Divulgação/ Michael Chazan/Universidade Hebraica de Jerusalém

Uma recente pesquisa divulgada pelo jornal acadêmico Quaternary Science Reviews, revelou uma descoberta impressionante feita por arqueólogos no deserto do Kalahari, África do Sul. As informações são da revista Galileu.

Pesquisador trabalhando na Wonderwerk / Crédito: Divulgação/ Michael Chazan/Universidade Hebraica de Jerusalém

 

Na região que foi alvo de expedições, os especialistas encontraram a caverna mais antiga que serviu de lar para hominídeos, após pesquisas realizadas através da análise do campo magnético da caverna, os estudiosos concluíram que o local foi ocupado há 1,8 milhão de anos.

Caverna Wonderwerk, na África do Sul / Crédito: Divulgação/ Michael Chazan/Universidade Hebraica de Jerusalém

 

Segundo revelado na reportagem, a caverna, atualmente chamada de Wonderwerk, serviu de palco para uma das primeiras indicações de uso de fogo e ferramentas típicas do período Paleolítico Inferior.

A conclusão se deu após os arqueólogos encontrarem vestígios no local, como: restos de animais, ferramentas de pedras e indícios do uso de fogo. De acordo com os pesquisadores, a descoberta da caverna irá ajudar a entender mais sobre a evolução humana na África.

Confira a pesquisa completa aqui.