Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Noah Schnapp

Ator de Stranger Things comenta acusações de desrespeito contra palestinos

Logo após a invasão de Israel pelo Hamas, Noah Schnapp realizou publicações descontraídas — e que foram apontadas como desrespeitosas — sobre a guerra

por Giovanna Gomes

ggomes@caras.com.br

Publicado em 16/01/2024, às 13h06

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
O ator Noah Schnapp - Getty Images
O ator Noah Schnapp - Getty Images

O ator Noah Schnapp, conhecido por seu papel em "Stranger Things", utilizou suas redes sociais na noite de segunda-feira, 15, para se defender de acusações de ter promovido publicações desrespeitosas contra palestinos relacionadas à guerra entre Israel e Hamas.

Ele, que tem 19 anos de idade, afirmou que seus pensamentos e crenças foram mal interpretados e expressou seu desejo por "paz, segurança e proteção para todas as pessoas inocentes afetadas pelo conflito."

Tive muitas discussões com amigos da Palestina que estavam nos bastidores e acho que essas conversas são muito importantes e aprendi muito”, disse Schnapp.

“Acho que qualquer pessoa com um mínimo de humanidade esperaria o fim da hostilidade de ambos os lados. Eu sou contra qualquer assassinato de pessoas inocentes e espero que todos vocês também o façam. E só espero um dia ver esses dois grupos conseguirem viver juntos harmoniosamente naquela região”, prosseguiu, segundo o portal CNN.

O ator concluiu sua mensagem com um apelo à compreensão e compaixão: “Espero que em 2024 vejamos as pessoas sendo um pouco mais compreensivas e compassivas e reconhecendo que somos todos humanos, independentemente da nossa raça, da nossa etnia, da nossa origem, do nosso país de nascimento, da nossa sexualidade, de qualquer coisa”.

Publicações nas redes sociais

No entanto, vale ressaltar que após o Hamas invadir Israel em outubro, Schnapp compartilhou vídeos descontraídos com amigos exibindo adesivos pró-Israel com dizeres como “Sionismo é sexy” e “Hamas é o ISIS (Estado Islâmico)”, o que gerou críticas e acusações de desrespeito nas redes sociais.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!